Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Conhecimento dos tutores sobre o câncer em animais e fatores epidemiológicos relacionados às neoplasias em cães e gatos atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Vila Velha / Knowledge of the owners about animal cancer and epidemiological factors of canine and feline neoplasms attended at the Veterinary Hospital of the Universidade Vila Velha

Reys, M. P; Flecher, M. C; Souza, T. D; Horta, R. S.
Ars vet; 36(4): 344-353, 2020. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1463555

Resumo

Os objetivos deste trabalho foram avaliar o conhecimento de tutores atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Vila Velha sobre as neoplasias de pequenos animais, e analisar possíveis fatores epidemiológicos envolvidos no desenvolvimento dessas neoplasias. Foram realizadas entrevistas com 282 proprietários de 232 cães e 55 gatos atendidos no período de agosto/2018 a julho/2019, que consistiam em perguntas sobre o câncer em animais, bem como sobre informações dos animais sob sua responsabilidade. A maioria dos proprietários não tinha conhecimento sobre o câncer animal (61,1%), mas estavam dispostos a realizar tratamento (85,5%) para o câncer. Observou-se que a frequência de neoplasias foi de 27,9%, sendo a maioria cães (80,7%), e destes em sua maioria tumores da glândula mamária (38,4%), seguido de neoplasias da pele (37,4%), trato reprodutivo (11,1%) e linfomas (6,1%). Idade, sexo, status reprodutivo, alimentação, condição corporal e raça foram fatores significativos para cães, podendo assim estar ligados ao desenvolvimento de neoplasias nessa espécie. Em gatos observou-se alta frequência de linfomas associados ao vírus da leucemia felina. Mostrou-se evidente que o conhecimento dos tutores sobre o câncer animal é escasso, e que médicos veterinários precisam entender melhor sobre seus fatores epidemiológicos para que possam orientar e introduzir medidas profiláticas.
The objectives of this work were to evaluate the knowledge of owners assisted in the Veterinary Hospital of the Universidade Vila Velha about neoplasms of small animals, and to analyze epidemiological factors involved in the development of these neoplasms. Interviews were conducted with 282 owners of 232 dogs and 55 cats treated at the Veterinary Hospital of the Universidade Vila Velha in the period from august / 2018 to july / 2019, which consisted of questions about animal cancer and the animals under their responsibility. Most owners were unaware of animal cancer (61.1%), but were willing to accept treatment (87,2%) for cancer. It was observed that the frequency of neoplasms was 27.9%, the majority of which were dogs (80.7%), and of these the majority presented mammary gland tumors (38.4%), followed by skin neoplasms (37.4%), neoplasms of the reproductive tract (11.1%) and lymphomas (6.1%). Age, gender, neutering status, diet, body score, and breed were significant factors linked to the development of neoplasms in dogs. In cats, there was a high frequency of lymphomas associated with the Feline Leukemia Virus. It was evident that the owners’ knowledge about animal cancer is scarce, and that veterinarians need to better understand their epidemiological factors so that they can guide prophylactic measures.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1