Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Structure of the fish assemblage and functional guilds in the estuary of Maracaípe, northeast coast of Brazil / Estrutura da assembleia e guildas funcionais de peixes no estuário do rio Maracaípe, costa do nordeste do Brasil

Favero, Fernanda de Lima Toledo; Araujo, Isabela Maria da Silva; Severi, William.
Bol. Inst. Pesca (Impr.); 45(1): e417, 2019. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1465389

Resumo

The assemblage and functional structure of the fish fauna of the Maracaípe River, municipality of Ipojuca - PE, was characterized by monthly beach trawls carried out from March of 2012 to February of 2013. A beach trawl net (picaré) was used at three different points of the estuary (EST 1, EST 2 and EST 3) during day and night trawls. The captured specimens were measured and weighed in the laboratory, identified and separated into use and trophic guilds using appropriate literature. Abiotic variables (temperature, salinity, dissolved oxygen, pH, turbidity and chlorophyll-a) were analyzed as for differences between day periods (night and day) and seasons (dry and rainy), and correlated to fish abundance. No difference was detected between day periods (p>0.07 for all variables), but they differed between seasons for most variables (p≤0.02), and between sampling points only for dissolved oxygen (p=0.03). In one year of collection, 11,513 specimens were captured, belonging to 92 species, 38 families and 15 orders. Gerreidae, Atherinopsidae, Clupeidae, Gobiidae and Hemiramphidae were responsible for 82.99% of the total abundance. The estuary of the Maracaípe River presents a rich ichthyofauna, but with the quantitative predominance of seven species (Atherinella brasiliensis, Eucinostomus argenteus, E. melanopterus, Ulaema lefroyi, Lile piquitinga, Ctenogobius boleosoma and Hyporhamphus unifasciatus). In the estuary, six species classified as vulnerable on the IUCN Endangered Species List were reported. The estuary presents a high diversity of species, most of them marine, carnivorous, and opportunistic, showing the high resilience of this environment. The predominance of juvenile fish underscores the importance of the Maracaípe River estuary for the maintenance of population stocks of coastal species, demonstrating the urgent demand of management of this environment.
A assembleia e a estrutura funcional de peixes estuarinos do rio Maracaípe, município de Ipojuca - PE, foi caracterizada através de arrastos de praia mensais de março de 2012 a fevereiro de 2013. Uma rede tipo picaré foi utilizada em três pontos distintos do estuário (EST 1, EST 2 and EST 3), em arrastos diurnos e noturnos. Os exemplares capturados foram medidos e pesados em laboratório, identificados e separados quanto às guildas de ocupação e tróficas. Variáveis abióticas (temperatura, salinidade, oxigênio dissolvido, pH, turbidez e clorofila-a) foram analisadas quanto a diferenças entre períodos do dia (dia e noite) e estações (seca e chuvosa), e correlacionadas com a abundância de peixes. Não foram detectadas diferenças entre os períodos do dia (p>0.07 para todas as variáveis), mas diferiram entre as estações para a maioria delas (p≤0.02), e entre os pontos de coleta apenas para oxigênio dissolvido (p=0.03). Em um ano de coleta, foram capturados 11513 exemplares, pertencentes a 15 ordens, 38 famílias e 92 espécies. Gerreidae, Atherinopsidae, Clupeidae, Gobiidae e Hemiramphidae foram responsáveis por 82,99% da abundância total. O estuário do rio Maracaípe apresenta uma ictiofauna rica, porém com predominância quantitativa de sete espécies (Atherinella brasiliensis, Eucinostomus argenteus, E. melanopterus, Ulaema lefroyi, Lile piquitinga, Ctenogobius boleosoma e Hyporhamphus unifasciatus). No estuário, ocorreram seis espécies integrantes da Lista de Espécies Ameaçadas, classificadas como vulneráveis. O estuário amostrado apresentou uma alta diversidade de espécies, sendo a maioria delas marinhas, carnívoras e oportunistas, evidenciando a elevada resiliência deste ambiente. A predominância de peixes juvenis ressalta a importância do estuário do rio Maracaípe para a manutenção de estoques populacionais de espécies costeiras, demonstrando a urgência de gerenciamento deste estuário.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1