Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Comparação entre métodos de diagnóstico de Cryptosporidium spp. em amostras fecais de bovinos / Comparison between diagnostic methods of Cryptosporidium spp. in fecal samples from cattle

Baccega, Bruna; Quevedo, Pedro de Souza; Fenalti, Juliana Montelli; Santos, Cibele Veleda dos; Farias, Nara Amélia da Rosa; Sallis, Elisa Simone Viegas.
Ciênc. Anim. (Impr.); 30(1): 36-46, 2020. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1472603

Resumo

Criptosporidiose é uma doença entérica com manifestações clínicas variadas e eventual mortalidade, principalmente em animais jovens, causando prejuízos ao desenvolvimento. Este estudo objetivou comparar técnicas de coloração para a detecção de oocistos de Cryptosporidium spp. em fezes de bezerros leiteiros, provenientes dos 22 municípios da região Sul do Rio Grande do Sul, Brasil. Amostras fecais foram colhidas diretamente do reto de 359 bezerros de diferentes raças, machos e fêmeas, com até doze meses de idade. Oocistos de Cryptosporidium spp. foram observados por meio dos métodos colorimétricos de Kinyoun, Safranina e Ziehl-Neelsen e visualizados sob microscopia ótica e porfluorescência com coloração de Auramina. Oocistos de Cryptosporidium spp. Foram observados em 6,69% (24/359) das amostras analisadas. A partir destes resultados pode-se inferir que os quatros métodos colorimétricos, foram eficazes na detecção de Cryptosporidium spp., sendo capaz de revelar este parasito mesmo em amostras com reduzido número de oocistos. Não houve diferença estatisticamente significante entre os métodos para o diagnóstico, apesar do método de fluorescência com coloração de Auramina ter apresentado o melhor resultado em comparação com as técnicas colorimétricas utilizadas neste estudo.
Cryptosporidiosis is an enteric disease with varied clinical manifestations and eventual mortality, mainly in young animals, causing impairment in development. This study aimed to compare staining techniques for the detection of Cryptosporidium spp. oocysts in dairy calf feces from 22 municipalities of the southern region of Rio Grande do Sul, Brazil. Fecal samples were collected directly from the rectum of 359 calves of different breeds ,male and female, up to twelve months old. Cryptosporidium spp. oocysts were observed using the colorimetric methods of Kinyoun, Safranina and Ziehl-Neelsen and were visualized under optical microscopy and by fluorescence with auramine stain. Cryptosporidium spp. oocysts were observed in 6.69% (24/359) of the analyzed samples. From these results it can be inferred that the four colorimetric methods were effective in the detection of Cryptosporidium spp., being able to reveal this parasite even in samples with a reduced number of oocysts. There was no statistically significant difference between the methods for diagnosis, even though, the Auramine staining fluorescence method presented the best result in comparison with the colorimetric techniques used in this study.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1