Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

REPRODUCTIVE PARAMETERS OF THE LEPORINUS PIAU FOWLER, 1941 (Osteichthyes, Anostomidae) FROM THE SÃO FRANCISCO RIVER BASIN, SUBMITTED TO INDUCED SPAWNING / ASPECTOS REPRODUTIVOS DE Leporinus piau FOWLER, 1941 (OSTEICHTHYES, ANOSTOMIDAE) DA BACIA DO RIO SÃO FRANCISCO, SUBMETIDO À DESOVA INDUZIDA

Vieira Sampaio, Edson; Sato, Yoshimi.
Ciênc. anim. bras. (Impr.); 10(1): 157-165, 2009.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1472745

Resumo

Leporinus piau Fowler, 1941 is important as forage fish and in the fishing of the São Francisco River basin. Females of this species were induced to spawning by the application of two doses of crude carp pituitary extract (CCPE) (0.5 and 5 mg.kg-1 of CCPE, with an interval of 14 h between doses). The water temperature of the tanks was maintained between 25 and 26C.  The oocytes extrusion occurred from 8 to 8.5 hours after second dose of CCPE. The females signal the timing of spawning and more than 71% responded positively to treatment releasing fertile eggs. Eggs of L. piau are free, demersal, round, opaque and gray-brownish. The gonadosomatic index average was 17.8% for mature females. The larvae hatched 21 h after fertilization of eggs, with water temperature maintained between 23 and 24 C in the incubators.KEY WORDS: Fecundity, hypophysation, Leporinus piau, oocyte and larvae morphometry, São Francisco River, reproduction.
Leporinus piau Fowler, 1941, é importante como peixe forrageiro e na pesca da bacia do São Francisco. Fêmeas dessa espécie foram submetidas à desova induzida, mediante a aplicação de duas doses de extrato bruto de hipófise de carpa-comum (EBHC) (0,5 e 5 mg.kg-1 para cada fêmea, com intervalo de 14h). A extrusão dos ovócitos ocorreu de 8 a 8,5 h após a aplicação da segunda dose de EBHC com a temperatura da água entre 25 e 26C. As fêmeas sinalizaram o momento da desova e mais de 71% responderam positivamente ao tratamento, com a liberação de ovócitos férteis. Os ovos de L. piau são livres, demersais, esféricos, opacos e de coloração cinza ou parda. O índice gonadossomático médio foi de 17,8% para fêmeas maduras. As larvas eclodiram 21 horas após a fertilização dos ovos, com a temperatura da água entre 23 e 24C. PALAVRAS-CHAVES: Fecundidade, hipofisação, Leporinus piau, mofometria ovocitária e larval, reprodução, rio São Francisco.
Biblioteca responsável: BR68.1