Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Verminose em caprinos e ovinos mantidos em pastagens de Panicum maximum Jacq. no período chuvoso do ano / Worm disease on goats and sheep raised on Panicum maximum Jacq. pastures in the rainy season

Quadros, Danilo Gusmão de; Sobrinho, Américo Garcia da Silva; Rodrigues, Luis Roberto de Andrade; Oliveira, Gilson Pereira de; Xavier, Cláudia Pereira; Andrade, Alexandro Pereira; Cunha, Maria Luisa de Carvalho Souza e; Feitosa, José Valmir.
Ciênc. anim. bras. (Impr.); 11(4): 751-759, 2010. tab, ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1473039

Resumo

O objetivo deste trabalho foi o de avaliar a verminose em caprinos e ovinos mantidos em pastagens de Panicum maximum Jacq. na época chuvosa do ano. Quantificaram-se a densidade de massa seca (MS) dos diferentes estratos (0-15, 15- 30 e acima de 30 cm) da pastagem e a contaminação da forragem por larvas infectantes de nematódeos gastrintestinais (L3). Os quarenta animais foram submetidos a exames coprológicos mensais (OPG e coprocultura) no período chuvoso do ano. O experimento foi realizado em Barreiras, BA, sendo delineado em parcelas subdivididas distribuídas ao acaso, com dez repetições na pastagem e vinte nos animais, de outubro de 2003 a março de 2004, ao passo que as amostragens ocorreram nos meses de dezembro a fevereiro. O número total de larvas infectantes/kg MS não variou com o estrato, obtendo-se a média de 22,2 L3/kg MS. Na forragem, identificaram-se larvas L3 de Haemonchus sp. e Trichostrongylus sp., refletindo os resultados das coproculturas. Caprinos apresentaram maior contagem de OPG (2602) do que os ovinos (865), demandando maiores cuidados sanitários.
The objective of this work was to evaluate the worm disease on goats and sheep kept on Panicum maximum Jacq. pastures, in the rainy season of the year. The dry matter density (DM) of different layers (0-15, 15-30 and above 30 cm) of Panicum maximum Jacq. pastures, and the forage contamination by gastrintestinal nematode infective larvae (L3) were quantified. Forty animals were submitted monthly to coproparasitological examinations (ECG and coproculture) during the rainy season. The experiment was carried out in Barreiras-Bahia-Brazil, in a split-plot design, with 10 replications on pastures and 20 replications on animals, from October of 2003 to March of 2004, and samples were taken from December to February. The number of infective larvae per kg/DM did not change with the grass layer, with average of 22.2 L3/kg DM. On the forage, Haemonchus sp. and Trichostrongylus sp. L3 larvae were indentified, reflecting the coproculture results. Goats showed higher ECG counting (2602) than Sheep (865), demanding more sanitary care.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1