Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Sporothrix spp. evaluation in soil of a hyperendenic area for sporotrichosis in southern Brazil / Avaliação da presença de Sporothrix spp. em solo de área hiperendêmica para esporotricose no extremo sul do Brasil

Poester, Vanice Rodrigues; Mendes, Josiara Furtado; Groll, Andrea Von; Klafke, Gabriel Baracy; Brandolt, Tchana Martinez; Xavier, Melissa Orzechowski.
Ciênc. anim. bras. (Impr.); 19: 52571, 2018. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1473632

Resumo

The increase in zoonotic sporotrichosis cases has become a public health problem in hyperendemic areas for the feline disease. Domestic cats involvement in this transmission and the continuous contact of these animals with soil suggest that the environment may be an essential source and/or reservoir of Sporothrix spp. Thus, the current study aimed to evaluate the presence of Sporothrix spp. in the soil of places where infected cats in Southern Brazil is present. In total, 101 soil samples were collected from the residence of cats with sporotrichosis, from regions around to these residences, and also from public places. These samples were processed using the direct plating technique being incubated at 25 °C for up to 15 days. Additionally, seventeen samples were also submitted to DNA extraction (NORGEN BIOTEK CORP® kit), PCR-specific and Nested-PCR technique. Although the presence of Sporothrix in soil has been undetected, by culture or molecular biology, this study does not reject the role of the environment in the triad of the infectious process (soil-animal-human). Thus, further studies are necessary for expanding the area of coverage, volume, type and method of sampling, and/or detection techniques.
O aumento de casos de esporotricose zoonótica tornou-se um problema de saúde pública em áreas hiperendêmicas para a doença em felinos. O envolvimento dos gatos domésticos nesta transmissão e o contato contínuo destes animais com o solo sugerem que o ambiente possa ser uma importante fonte e/ou reservatório de fungos Sporothrix spp. Assim, este estudo objetivou avaliar a presença de fungos do complexo Sporothrix em amostras de solo provenientes de locais de acesso de felinos infectados no sul do Brasil. Foram coletadas amostras de solo de residências com felinos com esporotricose, de locais próximos a estas residências e também de locais públicos, totalizando 101 amostras. Estas foram processadas pela técnica de plaqueamento direto e incubadas a 25°C por até 15 dias. Dezessete amostras foram paralelamente submetidas a extração de DNA (kitNORGEN BIOTEK CORP®) e técnica de PCR espécie-específico e Nested-PCR. Embora em nenhuma amostra avaliada tenha sido detectada a presença de Sporothrix spp., seja por cultivo ou por biologia molecular, este estudo não descarta o papel do ambiente na tríade do processo infeccioso (solo - animal - humano), sendo necessários outros estudos ampliando área de abrangência, volume, tipo e método de coleta das amostras, bem como técnicas de detecção.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1