Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Boron and calcium sprayed on 'Fuyu' persimmon tree prevent skin cracks, groove and browning of fruit during cold storage

Carlos Ferri, Valdecir; Valmor Rombaldi, Cesar; Adolfo Silva, Jorge; Pegoraro, Camila; Nora, Leonardo; Luiz Antunes, Pedro; Luiz Girardi, Cesar; Salete Tibola, Casiane.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1477357

Resumo

Flesh softening, skin browning and rotting are chief problems during cold storage (CS) of 'Fuyu' Persimmon. We studied the effects of boron (B) and calcium (Ca) sprayed on the trees during three consecutive years, on the development of skin cracks, grooves and browning in persimmon fruit under CS in Farroupilha, RS, Brazil (29°31' south, 51°21' west, about 750 m altitude). A homogeneous orchard area of 0.5 ha was delimitated and three sets of five plants for each treatment were randomly selected. The persimmon trees were sprayed at a 20 day interval, from 15th January until harvest, for three consecutive years, with: T1) water; T2) calcium nitrate at 0.5% (m/v); T3) calcium chloride at 0.5% (m/v); and T4) boron at 0.3% (m/v). The fruit were harvest with orange-reddish colour; 18-20°Brix, pulp firmness of 45 to 60N, and kept under CS at 0±1°C for 45 days. The fruits were evaluated immediately before CS, after six hours at 23±2°C after removal from CS, and after four days at 23±2°C after removal from CS. Equally boron and calcium sprayed on the trees prevented skin cracks, skin grooves and skin browning. Besides, when boron was sprayed on the trees, the mentioned effects were additive in the following year.
As principais alterações indesejáveis observadas no período pós-colheita de caquis em armazenamento refrigerado (AR) são a perda de firmeza de polpa, e a ocorrência de escurecimento epidérmico e de podridões. Este trabalho teve por objetivo principal estudar as respostas da aplicação de boro (B) e cálcio (Ca), em três safras sucessivas, na prevenção da ocorrência de fissuras, estrias e escurecimento epidérmico de caquis "Fuyu". No pomar (Farroupilha-RS-Brasil, 29°31' Sul, 51°21' Oeste, aproximadamente 750m altitude) delimitou-se uma área homogênea de 0,5ha., marcando-se, ao acaso, três repetições de cinco plantas para cada tratamento: T1 - controle, caquizeiros não-pulverizados com B e Ca; T2 - pulverizações com Nitrato de Ca 0,5% (m/v); T3 - pulverizações com Cloreto de Ca 0,5% (m/v); e T4 - pulverizações com B 0,3% (m/v). As aplicações foram realizadas em três anos sucessivos a partir de 15 de janeiro a intervalos de 20 dias. Foram colhidos os caquis na coloração alaranjado-avermelhada, com 18-20°Brix e 45 a 60N, que posteriormente foram armazenados em AR a 0±1°C por 45 dias. As avaliações foram realizadas no dia do armazenamento, após seis horas a 23±2°C a partir da retirada AR, e após quatro dias a 23±2°C a partir da retirada do AR. Foi avaliada a ocorrência de frutas com fissuras, estrias e escurecimento epidérmico. Comprovou-se o efeito benéfico da aplicação de B ou Ca na prevenção de fissuras, estrias e escurecimento epidérmico. Adicionalmente, foi detectado o incremento da resposta à aplicação de B, que, além de prevenir (à semelhança das aplicações com Ca), apresentou efeito aditivo no segundo ano. O resultado sugere que as respostas às aplicações com B são progressivas.
Biblioteca responsável: BR68.1