Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

An outbreak of caprine toxoplasmosis - investigation and case report / Surto de toxoplasmose caprina-investigação e relato de caso

Ferreira Neto, José Mauricio; Ferreira, Fernanda Pinto; Miura, Ana Carolina; Almeida, Jonatas Campos de; Martins, Felippe Danyel Cardoso; Souza, Marielen de; Bronkhorst, Dalton Evert; Romanelli, Paulo Roberto; Pasquali, Aline Kuhn Sbruzzi; Santos, Hannah Lia Ettiene Peruch Lemos dos; Benitez, Aline do Nascimento; Caldart, Eloiza Teles; Zanella, Luiz Francisco; Freire, Roberta Lemos; Navarro, Italmar Teodorico.
Ciênc. rural (Online); 48(5): 1-5, 2018. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1480125

Resumo

The present study aimed to investigate an abortion outbreak in a dairy goat herd in the municipality of Arapoti, Parana, Brazil. At the beginning of the outbreak, blood samples were collected from 33 goats with clinical signs; later, of the whole goat herd, two cats and two dogs. Milk samples were collected from 78 lactating goats. Four environmental soil samples and four samples of feed residue from goat feeders were collected too. Immunofluorescence antibody test (IFA) was used for serodiagnosis, the molecular analysis was conducted by means of the polymerase chain reaction (PCR), for the isolation of the etiological agent the bioassay was used. The results of the IFA revealed that 76.53% (137/179) of the goats, two dogs and two cats were seropositive for Toxoplasma gondii. Bioassay revealed one buffy coat and two milk sample having viable T. gondii. In the PCR, 11 whole blood samples, eight milk, three feeder troughs, and all soil samples were positive. The findings of the present study confirmed an outbreak caused by environmental contamination (of soil and feed) with T. gondii oocysts that could have been shed by kittens that lived on the farm and had access to the stock of goat food, facilitating this contamination, which reinforces the need for veterinary assistance and good management practices on farms.
O presente estudo teve como objetivo investigar um surto de aborto em um rebanho de cabras leiteiras no município de Arapoti, Paraná, Brasil. No início do surto, foram coletadas amostras de sangue de 33 cabras com sinais clínicos; mais tarde, de todo o rebanho caprino, dois gatos e dois cachorros. Foram obtidas amostras de leite das 78 cabras em lactação. Quatro amostras ambientais de solo e quatro de resíduos de comedouro também foram coletadas. O teste de imunofluorescência (IFI) foi utilizado para o sorodiagnóstico, a análise molecular foi conduzida por meio da reação em cadeia da polimerase (PCR), para isolamento do agente etiológico utilizou-se o bioensaio. Os resultados da IFI revelaram que 76,53% (137/179) das cabras, todos os cães e gatos eram soropositivos para Toxoplasma gondii. O bioensaio revelou uma amostra de camada leucocitória e duas de leite contaminadas com T. gondii viável. Na PCR, 11 amostras de sangue total, oito de leite, três resíduos alimentares e todas as amostras de solo foram positivas. Os resultados do presente estudo confirmaram um surto causado por contaminação ambiental (de solo e alimentos) com oocistos de T. gondii que, provavelmente, foram eliminados por gatos que permaneceram na fazenda e tinham acesso ao estoque de alimento dos caprinos, reforçando a necessidade de assistência técnica veterinária e boas práticas de manejo.
Biblioteca responsável: BR68.1