Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Avaliação sanitária de hortaliças minimamente processadas comercializadas em hipermercados de Goiânia, GO/Brasil / Evaluation of the sanitary quality of minimally processed vegetables, commercialized in Goiânia, GO/Brasil

Machado, Simone Silva; Melo, Camila Silveira de; Agostinho, Tania Maria de Souza; Freitas, Giselle da Silva; Blanco, Angel José Vieira.
Hig. aliment; 33(288/289): 2181-2185, abr.-maio 2019. tab
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-1482295

Resumo

O trabalho teve por objetivo avaliar a condição higiênico–sanitárias de alface e mix de vegetais (alface, acelga e cenoura) minimamente processados comercializados em oito hipermercados de Goiânia, GO. As análises mostras foram analisadas microbiologicamente: Número Mais Provável (NMP) de Coliformes Termotolerantes, com pesquisa e Escherichia coli, e pesquisa de Salmonella sp. Foi realizada ainda pesquisa de matéria estranha, por técnica de sedimentação. Apenas metades dos hipermercados possuíam hortaliças minimamente processadas próprias para consumo, as demais apresentaram contagens elevadas de microrganismos e presença de matéria estranha. As amostras de dois estabelecimentos tiveram contagens de Coliformes Termotolerantes acima de 1100 NMP/g e com presença de E. coli. Foi observada presença de matéria estranha, como parasitas e insetos, em 62,5% das amostras de alface e 25% das amostras de salada. Os parasitas encontrados foram Ascaris lumbricoides, Ancilostomídeos e Paramecium sp.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1