Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

The hard task of a short-tailed mouse opossum (Monodelphis) to prey a harvestman (Arachnida: Opiliones) / A difícil tarefa de uma cuíca-de-cauda-curta (Monodelphis) para atacar um opilião (Arachnida: Opiliones)

Cáceres, Nilton C; Fluck, Isadora E.
Iheringia, Sér. zool; 111: e2021014, 2021. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1483414

Resumo

Despite the great diversity of small insectivorous mammals and the use of scent gland secretions as a defense mechanism by harvestmen, there is no observation about the effectiveness of scent glands against predators such as small mammals. We report a remarkable harvestman defense mechanism against a small-mammal attack. When a harvestman and a mouse opossum confronted each other inside a cage, the harvestman knocked out the mouse opossum two sequential times before it could attack the harvestman. Although it is a unique observation and there is no information about its frequency in nature, this report stimulates the study of agonistic behavior between small, cryptic species, which are difficult to observe in the field.
Apesar da grande diversidade de pequenos mamíferos insetívoros e do uso de secreções odoríferas como mecanismo de defesa por opiliões, não há registros sobre a eficácia das secreções odoríferas contra predadores como os pequenos mamíferos. Relatamos um notável mecanismo de defesa de um opilião contra um ataque de um pequeno mamífero. Quando um opilião e uma cuíca-de-cauda-curta se confrontaram dentro de uma caixa, o opilião nocauteou a cuíca duas vezes consecutivas antes que ela pudesse atacá-lo. Embora seja uma observação única e não haja informações sobre sua frequência na natureza, este registro estimula o estudo do comportamento agonístico entre pequenas espécies crípticas, difíceis de serem observadas em campo.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1