Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Atividade moluscicida de princípios ativos de folhas de Lycopersicon esculentum (Solanales, Solanaceae) em Biomphalaria glabrata (Gastropoda, Planorbidae)

Leyton, Vilma; O. Henderson, Thomas; Mascara, Douglas; Kawano, Toshie.
Iheringia, Sér. zool; 95(2)2005.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1483783

Resumo

Aqueous and alcoholic extracts were obtained from crushed dried leaves of tomato plant (Lycopersicon esculentum, Mill.) c.v. Cherry. By the use of a methanolic extraction and alkaline precipitation, a product named crude steroidal glycoalkaloid (GEb), was obtained. The presence of tomatidine was characterized in this product. In laboratory, the aqueous and alcoholic extracts and GEb have shown molluscicidal activity against Biomphalaria glabrata (Say, 1818). The crude steroidal glycoalkaloid presented a high molluscicidal activity (LC50 = 8.01 ppm and LC90 = 13.17 ppm), similar to that of tomatine. None of the compounds tested affected B. glabrata egg masses. The level of activity showed by the different extracts and by the GEb, pointed out the GEb as the only candidate able to be considered for further tests toward field trials as molluscicidal agent.
Foram obtidos extratos aquosos e alcoólicos a partir de pó de folhas secas de tomateiro (Lycopersicon esculentum, Mill.) c.v. Cereja. Por extração metanólica e precipitação alcalina, foi obtido um produto que denominamos "glicoalcalóide esteroidal bruto" (GEb), no qual foi caracterizada a presença de tomatina. Em ensaios laboratoriais, os extratos aquosos, alcoólicos e o GEb apresentaram atividade moluscicida em Biomphalaria glabrata (Say, 1818). O "glicoalcalóide esteroidal bruto" apresentou alta atividade moluscicida (CL50 = 8,01 ppm e CL90 = 13,17 ppm), comparável à atividade da tomatina. Desovas de B. glabrata mostraram-se resistentes aos extratos testados. Os níveis de atividade moluscicida apresentados pelos diversos extratos e o GEb, apontam apenas o GEb como candidato para a continuação dos estudos visando a sua possível utilização em campo.
Biblioteca responsável: BR68.1