Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Splitting and nitrogen sources in the physiological quality of wheat seed / Parcelamento e fontes de nitrogênio na qualidade fisiológica de sementes de trigo

Olivoto, Tiago; Nardino, Maicon; Carvalho, Ivan Ricardo; Ferrari, Mauricio; Pelegrin, Alan Junior de; Szareski, Vinícius Jardel; Souza, Velci Queiróz de.
Rev. Ciênc. Agrovet. (Online); 16(4): 345-356, 2017. ilus, tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1488203

Resumo

Different sources and nitrogen management (N) may increase the availability, absorption, and assimilation of this nutrient by plants, favoring the N accumulation in grains. However, little is known about the influence of these factors on the physiological quality of wheat seeds (Triticum aestivum L.). In this context, the aim of this study was to evaluate the response of different sources and nitrogen fertilization, applied in cover, on the physiological quality of the wheat seeds. The experiment was conducted in a completely randomized block design in a split-design treatment plot with three cultivars of wheat (TBIO Mestre, TBIO Iguaçu and Quartzo), three sources of nitrogen (urea, ammonium nitrate, and liquid urea), applied using five methods: (I: tilling; II: tilling and booting; III: tilling and flowering; IV: booting and flowering and V: tilling, booting and flowering). The nitrogen partitioning between booting and flowering stages results in higher physiological seed quality, since it increases the percentage of germination by 4% and positively influences the germination count, shoot length, and seedling dry mass. The sources of nitrogen ammonia nitrate and the urea liquid source are equated with urea in relation to the effect on the physiological quality of the seeds, being interesting alternatives to reduce the production cost. The TBIO Mestre and Quartzo cultivars showed seeds with higher physiological quality, due to the greater length of radicle and percentage of germination.
Diferentes fontes e manejos parcelados de nitrogênio podem aumentar a disponibilidade, a absorção e a assimilação deste nutriente pelas plantas, favorecendo o acúmulo de N nos grãos. No entanto, pouco se sabe sobre a influência destes fatores na qualidade fisiológica de sementes de trigo (Triticum aestivum L). Dentro deste contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a resposta de diferentes fontes e parcelamentos de nitrogênio aplicado em cobertura na qualidade fisiológica das sementes de trigo. O experimento foi conduzido em delineamento de blocos completos casualizados em esquema de parcelas subdivididas com três cultivares de trigo (TBIO Mestre, TBIO Iguaçu e Quartzo), três fontes de nitrogênio (ureia, nitrato de amônio e ureia líquida) aplicadas em cinco parcelamentos (I: afilhamento; II: afilhamento e emborrachamento; III: afilhamento e florescimento; IV: emborrachamento e florescimento e V: afilhamento, emborrachamento e florescimento). O parcelamento do nitrogênio entre os estádios de emborrachamento e florescimento resulta em sementes com maior qualidade fisiológica, pois incrementa o percentual de germinação em 4% e influencia positivamente os caracteres na primeira contagem de germinação, comprimento de parte aérea, e massa seca de plântula. As fontes de nitrogênio, nitrato de amônia e a ureia fonte líquida, se equiparam com a ureia em relação ao efeito na qualidade fisiológica das sementes, sendo alternativas interessantes para reduzir o custo de produção. As cultivares TBIO Mestre e Quartzo evidenciaram sementes com maior qualidade fisiológica, em função do maior comprimento de radícula e percentual de germinação.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1