Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Modelos animais de ataxias cerebelares humanas / /Animal models of human cerebellar ataxias

Pinto, Wladimir Bocca Vieira de Rezende; Souza, Paulo Victor Sgobbi de.
Rev. Soc. Bras. Ciênc. Anim. Lab; 1(4): 344-354, 2012.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1489689

Resumo

As ataxias cerebelares representam um conjunto de doenças neurológicas bastante emergentes e em rápida atualização tanto no número de condições clínicas quanto de proposições e ferramentas diagnósticas. Há grande desconhecimento, contudo, em relação aos mecanismos fisiopatológicos envolvidos e em abordagens terapêuticas eficientes. Assim, o desenvolvimento de modelos animais para ataxias cerebelares humanas para estudo da história natural e de novos esquemas de tratamento tornou- -se bastante proeminente na área da Neurologia Experimental associada às técnicas modernas de mutagênese em Biologia Molecular. Esta revisão objetiva resumir os principais modelos animais existentes para as ataxias cerebelares adquiridas e hereditárias mais prevalentes na prática clínica.
The cerebellar ataxias are a wide group of emerging and quickly updating neurological diseases both in the number of clinical conditions and diagnostic tools. There is great ignorance, however, regarding the pathophysiological mechanisms and effective therapeutic approaches. Thus, the development of animal models for human cerebellar ataxias to study the natural history and new treatment regimens became quite prominent in the field of Experimental Neurology associated with modern techniques of mutagenesis in Molecular Biology. This review aims to summarize the main existing animal models for the acquired and hereditary cerebellar ataxias most prevalent in clinical practice.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1