Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Uso da polpa desidratada do fruto de Mauritia flexuosa como suplemento ao diluente de congelação do sêmen caprino / Use of dehydrated pulp of Mauritia flexuosa fruit as supplement to freezing extender of goat semen

Porfirio, Kenney de Paiva; Rocha, Homero Batista da; Souza, Marcimar Silva; Silva, Pedro Henrique Fonseca da; Pacheco, Wallisson Bruno de Morais; Santana, Misael das Virgens; Teixeira, Letícia Soares de Araújo; Amorim, Nayla Maria da Silva Rezende; Castro e Braga, Clarissa de; Macêdo, Laercio Fontinele Bandeira de; Furtado, Leonardo Lopes; Salgueiro, Cristiane Clemente de Mello; Nunes, José Ferreira; Mineiro, Ana Lys Bezerra Barradas; Souza, José Adalmir Torres; Vieira, Rômulo José; Cardoso, Janaína de Fátima Saraiva; Paula, Ney Rômulo de Oliveira.
Rev. bras. reprod. anim; 44(1): 18-25, jan.-mar. 2020. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1492607

Resumo

Objetivou-se avaliar a qualidade in vitro do sêmen caprino descongelado utilizando diluentesuplementado com a polpa desidratada do fruto de Mauritia flexuosa. O experimento foi dividido emduas etapas. Na primeira, foram utilizados 15 pools,fracionados em 13 tratamentos com diferentesconcentrações do extrato bruto. Os melhores resultados de viabilidade espermática obtidos na primeiraetapa foram utilizadas na segunda etapa (criopreservação). Para isto, foram formados dois gruposutilizando 15 pools, sendo um diluente constituído (TRIS + 7% glicerol + melhores concentrações doextrato bruto) e outro pelo diluente (TRIS + 2,5% gema de ovo + 7% glicerol + melhores concentraçõesdo extrato bruto). Na primeira etapa os grupos contendo baixa quantidade do extrato não diferiram dogrupo controle (P≤0,05). Todavia na segunda etapa, após descongelação, os grupos TRIS contendo 2,5%ou 0% de gema de ovo apresentaram diferença significativa, onde o grupo TB06GLGE foi superior aogrupo controle. Portanto, a polpa desidratada do fruto de Mauritia flexuosa,nas concentrações de 0,25% a1%, não atuou de forma benéfica sobre parâmetros espermáticos do sêmen caprino após acriopreservação/descongelação.
The objective was to evaluate the in vitro quality of the thawed goat semen using diluentsupplemented with the dehydrated pulp of the Mauritia flexuosa fruit. The experiment was divided intotwo stages. In the first, 15 fractionated pools were used in 13 treatments with different concentrations ofthe crude extract. The best results of sperm viability obtained in the first experimental stage were used inthe second experimental stage (cryopreservation). Afterwards, two groups were formed using 15 pools,one constituent (TRIS + 7% glycerol + best concentrations of the crude extract) and another by thediluent (TRIS + 2,5% egg yolk + 7% glycerol + best concentrations of the crude extract). In the firststage, the groups containing low amount of extract did not differ from the control group (P≤0.05).However, in the second stage, after thawing, TRIS groups containing 2.5% or 0% egg yolk presented asignificant difference, where the TB06GLGE group was superior to the control group. Therefore, thedehydrated fruit pulp of Mauritia flexuosa at concentrations of 0.25% to 1% did not benefit goat semenparameters after cryopreservation/thawing.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1