Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Genotype x environment interaction for reproductive traits in Brazilian Nellore breed cattle / Interação Genotipo x Ambiente para características reprodutivas em bovinos da raça Nelore no Brasil

Carvalho, Caio Victor Damasceno; Costa, Raphael Bermal; Camargo, Gregório Miguel Ferreira de; Bittencourt, Thereza Cristina Calmon.
Rev. bras. saúde prod. anim; 20: e0512019, Feb. 7, 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1493794

Resumo

The objective of this study was to evaluate the effect of the genotype-environment interaction (GEI) for scrotal circumference traits measured at different ages, 365 (SC365), 450 (SC450) and 550 (SC550) days of age, and age at first calving (AFC) for Nellore animals raised in different regions of Brazil. For the evaluation, the herds were grouped in the following regions of the country: North, Southeast and Central-west, using information from 26,619, 28,730, 14,476, 15,397 for the traits SC365, SC450, SC550 and AFC respectively. Genetic parameters, as well as the assessment of GEI were performed using Bayesian inference, using the programs of the BLUPF90. The estimated heritabilities were: 0.465 ± 0.021, 0.500 ± 0.022, 0.492 ± 0.026, 0.117 ± 0.017 for SC365, SC450, SC550 and AFC respectively. The results obtained in the analysis, indicated that this interaction was not significant for SC at different ages (genetic correlation, rg> 0.8). For AFC, significant effect of GEI was observed for combinations involving the Northern region (rg<0.8), indicating that this interaction should be considered by the genetic evaluation programs in this region.
O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito da interação genotipo-ambiente (IGA) para as características perímetro escrotal mensurado em diferentes idades, 365 (PE365), 450 (PE450) e 550 (PE550) dias de idade, e da idade ao primeiro parto (IPP) para animais da raça Nelore criados em diferentes regiões do Brasil. Para a avaliação foram agrupados os rebanhos dos diferentes estados do país, nas seguintes regiões: Norte, Sudeste e Centro-Oeste, sendo utilizados informações de 26619, 28730, 14476, 15397 para as características PE365, PE450, PE550 e IPP respectivamente. Os parâmetros genéticos, assim como, a avaliação da IGA foi realizada utilizando a inferência Bayesiana, com uso dos programas BLUPF90. As herdabilidades estimadas foram: 0,465 ± 0,021, 0,500 ± 0,022, 0,492 ± 0,026, 0,117 ± 0,017 para PE365, PE450, PE550 e IPP respectivamente. Os resultados obtidos indicaram que a interação não foi significativa sobre o perímetro escrotal avaliado nas diferentes idades (correlação genética, rg>0,8). No entanto, para a IPP foi evidenciado efeito significativo da IGA para as combinações envolvendo a região Norte (rg< 0,8), indicando que esta interação é significativa devendo ser considerada pelos diferentes programas de avaliação genética da raça,para os animais criados nesta região.
Biblioteca responsável: BR68.1