Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Avaliação do efeito anti-inflamatório da Flunixina meglumina e do Moloxicam através da análise do líquido peritoneal de equinos submetidos à Orquiectomia / Evaluation of the antinflammatory effect of flunixin meglumine and Meloxicam through the analysis of peritoneal fluid from horses submitted orchiectomy / Evaluación del efecto antiinflamatorio de Ia flunixina meglumina y meloxicam mediante análisis del líquido peritoneal de los caballos sometidos a orquiectomia

Camargo, Murilo Cintra; Bianchini, Marília; Borghesa, Alexandre Corrêa.
Revista brasileira de medicina equina; 10(57): 32-38, jan. 2015. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1494990

Resumo

A castração, ou orquiectomia, é uma opção muito utilizada para eliminar o comportamento masculino e agressivo de garanhões, para torná-Ios mais dóceis e maneáveis e esterilizar animais geneticamente indesejáveis. Para redução do processo inflamatório e alívio da dor, faz-se uso frequente de anti-inflamatórios não esteroidais. Este trabalho teve como objetivo comparar a ação dos anti-inflamatórios não esteroidais seletivo e não-seletivo para COX-2, meloxicam e flunixina meglumina respectivamente, através do nível de reação inflamatória produzida em equinos após orquiectomia, através da análise do líquido peritoneal. Dezessete animais machos, inteiros e sadios foram divididos em dois grupos, "grupo flunixina" e "grupo meloxicam", onde cada grupo recebeu no pós-operatório um dos anti-inflamatórios. Os resultados obtidos mostraram que todos os cavalos apresentaram o número de leucócitos acima dos valores de referência, caracterizando peritonite, bem como leve aumento no número de proteína total. A flunixina meglumina se mostrou com ação superior em relação ao meloxicam, devido ao menor aumento do número de leucócitos no líquido peritoneal, porém, levou a um aumento significativo do nível de creatinina.
Castration, or orchiectomy, is a very used option to eliminate male aggressive behavior of stallions,i t make them more docile and maneuverable and sterilize animais genetically undesirable. To reduce the inflammatory process and for pain relief, it's frequent the use of NSAIDs. This study aimed to compare the action of selective and non-selective NSAIDs to COX-2, meloxicam and flunixin meglumine respectively, through thelevei of inflammatory reaction in horses after orchiectomy, through analysis of the peritoneal fluid. Sevehteenhealthy stallions were divided into two groups, "flunixin group" and " meloxicam group", where each groupreceived on post-operative period one of the NSAIDs. The results showed that ali horses had the number ofleukocytes above the reference values, featuring peritonitis, as well as a slight increase in the number of totalprotein. The flunixin meglumine proved to have a top action in relation to meloxicam, due to the smaller increasein the number of leucocytes in peritoneal fluid, however, led to a major increase in creatinine levei than ofmeloxicam.
La castración, o Ia orquiectomía, es una opción muy utilizada para eliminar masculinocomportamiento agresivo de los sementales, que los hacen más dócil y fácil de manejar y esterilizar animalesgenéticamente indeseable. Para reducir el proceso inflamatorio y para aliviar el dolor, es frecuente el uso deAINE. Este estudio tuvo como objetivo comparar Ia acción de los AINE selectivos y no selectivos de Ia COX-2,meloxicam y flunixina meglumina, respectivamente, através dei nivel de Ia reacción inflamatoria en los caballosdespués de Ia orquiectomía, através dei análisis dei líquido peritoneal. Diecisiete sementales sanos fuerondivididos en dos grupos, "grupo flunixin" y "grupo meloxicam", donde cada grupo recibió el periodopostoperatorio uno de los AINE. Los resultados mostraron que todos los caballos tenían el número de leucocitospor encima de los valores de referencia, ofreciendo peritonitis, así como un ligero aumento en el número deproteína total. La flunixina meglumina ha demostrado tener una acción superior en relación con meloxicam,debido a Ia menor aumento en el número de leucocitos en el líquido peritoneal, sin embargo, condujo a unaumento importante en el nivel de creatinina que de meloxicam.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1