Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Efeitos da suplementação de alto nível de cobre e de biotina na dieta de suínos de 8 a 20 kg

Menten, J.F.M.; Ku, P.K.; Miller, E.R..
Sci. agric; 49(n.esp)1992.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1495224

Resumo

Two trials were carried out to investigate the need for supplemental biotin in the diet of weanling pigs when high dietary copper is used as growth promoter. Wheat - soybean meal based feeds, containing marginal levels of biotin (.10 ppm) were supplemented or not with .4 ppm biotin (BIO) and 250 ppm copper (COP). The diets were fed to 168 piglets weaned at 4 weeks of age with an average weight of 7.8 kg. The trials were conducted for 5 weeks. In trial 1 there was a BIO x COP interaction (P .05) for weight gain; BIO resulted in a 10% improvement in gain in absence of COP, but not when COP was present; COP resulted in a 16% improvement in absence of BIO and no improvement when BIO was present. There was also a main effect of COP on feed efficiency (P .05), resulting in a 7% improvement. A similar tendency was observed in trial 2, but the differences were not significant (P > .05). The combination of supplemental BIO and COP did not result in further improvement in performance compared to the individual supplementation.
Dois experimentos foram conduzidos para investigar a necessidade de suplementação de biotina na dieta de leitões recém desmamados quando o cobre é utilizado como promotor de crescimento. Rações com níveis marginais de biotina (0,10 ppm), formuladas à base de trigo e farelo de soja, foram suplementadas ou não com 0,4 ppm de biotina (BIO) e 250 ppm de cobre (COB) e fornecidas a 168 leitões desmamados com 4 semanas de idade e peso médio de 7,8 kg. Os experimentos tiveram duração de 5 semanas. No experimento 1 houve uma interação BIO x COB (P 0,05) no ganho de peso dos leitões, com BIO promovendo uma melhora de 10% na ausência de COB, mas não na presença de COB; COB resultou em um aumento de 16% no ganho de peso na ausência de BIO, mas não em sua presença . Também houve uma melhora de 7% na conversão alimentar dos leitões que receberam COB (P 0,05). A mesma tendência foi observada no experimento 2, e embora a magnitude das diferenças tenha sido semelhante, não houve significância (P > 0,05). A suplementação conjunta de COB e BIO não melhorou o desempenho dos animais, em relação a sua suplementação individual.
Biblioteca responsável: BR68.1