Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Comportamento de variedades de arroz de sequeiro em diferentes populações de plantas, com e sem irrigação suplementar

dos Santos, A.B.; Costa, J.D..
Sci. agric; 52(1)1995.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1495398

Resumo

Four experiments were carried out in a cerrado soil to study the effect of row spacing and seed density on rice (Oryza sativa) yield and some byometric characteristics, with and without supplemental sprinkler irrigation. Two experiments used the Araguaia variety and the other two, the Guarani variety. Irrigation enhanced in 90 and 35% the yield of the varieties Araguaia and Guarani, respectively. Irrigation significantly affected biometric characteristics. The highest yield of Guarani v. was obtained with 30 cm row spacing and density of 130 seeds per m², and its harvest index (HI) was linearly and positively correlated with grain yield. The highest yield of Araguaia v. was obtained with 40 cm spacing, independently of the density and presence of irrigation. The variety Guarani showed to be more competitive than the Araguaia, having smaller HI and its grain yield being more affected by plant population.
Visando determinar os efeitos do espaçamento entre linhas (30, 40 e 50 cm) e da densidade de semeadura (50, 100 e 150 sementes/m²) sobre o rendimento de grãos e algumas características biométricas de duas variedades de arroz (Oryza sativa L.), com e sem irrigação suplementar, foram conduzidos quatro experimentos em solo de cerrado, sendo dois com a variedade Araguaia e os outros com a 'Guarani'. A irrigação propiciou incremento de 90 e 35% no rendimento de grãos das v. Araguaia e Guarani, respectivamente, influenciando significativamente todas as características biométricas estudadas. A v. Guarani apresentou maior produção de grãos no menor espaçamento e na densidade de 130 sementes por m², e o seu índice de colheita (IC) foi correlacionado linear e positivamente com o rendimento de grãos. Na v. Araguaia, o maior rendimento de grãos foi observado no espaçamento de 40 cm, independente da irrigação e da densidade de semeadura. A 'Guarani' mostrou ser uma variedade mais competitiva que a 'Araguaia', apresentando menor IC e maior influência da densidade de semeadura, sobre o rendimento de grãos.
Biblioteca responsável: BR68.1