Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Soil microbial biomass under mulch types in an integrated apple orchard from Southern Brazil

de Oliveira Almeida, Denice; Klauberg Filho, Osmar; Cesar Almeida, Henrique; Gebler, Luciano; Franciane Felipe, Aline.
Sci. agric; 68(2)2011.
Artigo em Inglês | LILACS-Express | ID: biblio-1497173

Resumo

The use of mulching is an alternative to control weeds but there are few studies on its effect on soil quality. In this sense, this study aimed to evaluate the effect of types of mulching on the attributes of microbial carbon, nitrogen and phosphorus in a Typic Hapludox with production of integrated apples in southern Brazil. The experiment was conducted in randomized blocks in the Vacaria, state of Rio Grande do Sul, southern Brazil. The soil mulch types studied were: pine needle, sawdust, black plastic and a control. The soil samples were collected in February (summer) and August (winter) of 2006, and the attributes related to total organic and microbial carbon, nitrogen and phosphorus were determined. Organic mulchings (pine needle and sawdust) promoted lower soil temperature, and greater moisture, microbial carbon (Cmic), microbial nitrogen (Nmic), and the ratios Cmic:Corg, Nmic:Norg and microbial C:N than black plastic. Microbial phosphorus was greater in winter. Sawdust mulching promoted the best conditions to microbial biomass in winter. The mulch types increased the microbial compartment in winter as compared to the nonweeded control .
O uso da cobertura do solo é alternativa para o controle de plantas daninhas. Entretanto há poucos estudos sobre seu efeito na qualidade do solo. Avaliou-se, em duas estações do ano, o efeito de tipos de cobertura do solo nos atributos microbianos de um Latossolo com produção integrada de maçãs no sul do Brasil. O experimento foi conduzido em blocos ao acaso em Vacaria, RS. As coberturas estudadas foram: acícula, serragem e plástico preto comparativamente ao tratamento controle (infestado). As amostras de solo foram coletadas em fevereiro e agosto de 2006, sendo avaliados atributos relacionados ao carbono, ao nitrogênio e ao fósforo. As coberturas orgânicas (acícula e pínus) promoveram no solo menor temperatura e maior umidade, além de maiores teores de carbono e nitrogênio microbiano, relação Cmic:Corg, Nmic:Norg e Cmic:Nmic quando comparadas ao solo sob plástico preto; já o fósforo microbiano foi maior no inverno. A cobertura com serragem promoveu as melhores condições para os compartimentos microbianos no inverno, sendo que nessa mesma estação, as coberturas incrementaram o compartimento microbiano comparativamente ao tratamento controle, infestado com plantas daninhas.
Biblioteca responsável: BR68.1