Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of a symbiotic on average weight gain and egg per gram of feces account of confined lambs / Efeito de um simbiótico sobre o ganho de peso e número de ovos por grama de fezes de cordeiros confinados

Cristina Fernandes da Silva, Kátia; Martins Gomes dos Santos, Gustavo; Taroda, Alessandra; Michelini Gil, Karen; Yurika Mizubuti, Ivone; Barros Moreira, Fernanda.
Semina ciênc. agrar; 30(4): 953-962, 2009.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1498531

Resumo

The aim of this work was to evaluate the performance of lambs confined per 45 days, supplemented with commercial symbiotic. The experiment was lead in the North of the Paraná State, Brazil. Santa Ines, Suffolk and Santa Ines x Suffolk crossbred lambs (n=44), fed with oat hay and concentrate (30:70), had been divided in two groups: Control (n=22), not supplemented with symbiotic, and Symbiotic (n=22). Alive body weight, average daily body weight gain (ADWG) and egg per gram of feces account (EPG) had been evaluated into intervals of 15 days. There was no difference for average alive body weight (P > 0.05). During the confinement, the ADWG in Symbiotic group (280g/day) was higher than in Control one (238g/day) (P 0.05), achieving maximum value on the last 15 days of confinement (288g/ day). At the end of confinement, EPG decreased in Symbiotic group (864) (P 0.05), as it increased in Control group (2864) (P 0.05). Economic analysis showed economic return of R$ 782.31 for Simbiotic 1 Aluno (a) do Programa de Pós-graduação em Ciência Animal, Universidade Estadual de Londrina UEL, Londrina-Pr.
Este trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho de cordeiros confinados por 45 dias, suplementados com simbiótico comercial. O experimento foi conduzido no Norte do Paraná.  Cordeiros Santa Inês, Suffolk e seus cruzamentos (n=44), alimentados com feno de aveia e concentrado (30:70), foram divididos em dois grupos: Controle (n=22), sem suplementação com simbiótico, e Simbiótico (n=22). Foram avaliados peso médio, ganho de peso médio diário (GMD) e contagem de ovos por grama de fezes (OPG) com intervalos de 15 dias. Não houve diferença em relação ao peso vivo médio (P > 0,05). O GMD do grupo Simbiótico durante o confinamento (280g/dia) foi superior ao Controle (238g/dia) (P 0,05), apresentando valor máximo nos últimos 15 dias de confinamento (288g/dia). Ao final do confinamento, o número de OPG diminuiu no grupo Simbiótico (864) (P 0,05), enquanto, no Controle, aumentou (2864) (P 0,05). A análise econômica mostrou retorno econômico de R$ 782,31 para o grupo Simbiótico e R$ 636,87 para o Controle. O uso do simbiótico proporcionou aumento de 17,59% no GMD e redução de aproximadamente 70% na contagem de OPG dos cordeiros confinados, resultando em um incremento de R$ 145,44 na receita líquida final do grupo Simbiótico.
Biblioteca responsável: BR68.1