Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

In vitro rumen fermentation kinetics of some co-products generated in the biodiesel production chain by gas production technique / Cinética de fermentação ruminal in vitro de alguns co-produtos gerados na cadeia produtiva do biodiesel pela técnica de produção de gás

Yurika Mizubuti, Ivone; Luis de Azambuja Ribeiro, Edson; Sales Pereira, Elzania; Pereira Pinto, Andrea; Luiz Custódio Franco, André; Adriane Syperreck, Mirna; Ricardo Rebouças Dórea, João; Evans Cunha, Gianne; Gabriel Maidana Capelari, Matheus; Barbosa Muniz, Elaine.
Semina ciênc. agrar; 32(4): 2021-2021, out.-dez. 2011.
Artigo em Português | LILACS-Express | ID: biblio-1498752

Resumo

Fermentation kinetics rates of co-products generated in the supply chain of biodiesel were evaluated by in vitro gas production technique. Crambe meal, cottonseed meal, crambe cake, soybean cake and sunflower cake were evaluated. The soybean cake had higher rates of degradation of non-fiber carbohydrates (NFC), compared to other foods, resulting in higher volume of gas. Cottonseed meal and crambe meal had degradation rates of NFC and gas production similar. Although the crambe cake did not differ from crambe meal on gas production in the degradation of NFC, there were differences in the rate of degradation, being the highest value found for the cake. The biggest lag time was required for soybean cake and the lowest for the sunflower cake. The highest rates of degradation of fibrous carbohydrates (FC) were observed in soybean cake and crambe cake, and lowest in sunflower cake. The highest gas production coming from the degradation of FC was obtained for the crambe meal. The soybean cake and crambe cake were the co-products with a better profile on rumen fermentation kinetics in relation to the degradation of non-fiber carbohydrates and fibrous carbohydrates.
Objetivou-se com este experimento avaliar a cinética de fermentação ruminal de diferentes co-produtos gerados na cadeia produtiva do biodiesel, mediante o uso da técnica de semi-automática de produção de gases in vitro, usando um delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e quatro repetições por tratamento. Os tratamentos foram: farelo de crambe; farelo de algodão; torta de crambe; torta de soja e torta de girassol. A torta de soja apresentou maior taxa de degradação de carboidratos não fibrosos (CNF), quando comparada aos demais alimentos, resultando em maior volume final de gases. O farelo de algodão e o farelo de crambe apresentaram taxa de degradação de CNF e produção de gases similares. Apesar da torta de crambe não diferir do farelo de crambe quanto a produção de gás na degradação de CNF, houve diferença na taxa de degradação, sendo o maior valor verificado para a torta. O maior tempo de colonização (Lag time) foi requerido para a torta de soja e o menor para a torta de girassol. As maiores taxas de degradação de carboidratos fibrosos (CF) foram observadas na torta de soja e torta de crambe, e menor taxa na torta de girassol. A maior produção de gás oriunda da degradação de CF foi obtida para o farelo de crambe. A torta de soja e a torta de crambe foram os co-produtos com melhor perfil na cinética de fermentação ruminal no que diz respeito à degradação d
Biblioteca responsável: BR68.1