Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Meat cuts and non-carcass of sheep finished on pasture with different levels of supplementation / Cortes cárneos e constituintes não-carcaça de ovelhas terminadas em pasto com teores diferentes de suplementação

Carvalho, Zaqueu Gonçalves; Silva, Fredson Vieira e; Araújo, Alexandre Ribeiro; Alves, Dorismar David; Oliveira, Laura Lúcia dos Santos; Reis, Sidnei Tavares dos; Silva, Vandenberg Lira.
Semina ciênc. agrar; 36(1): 409-420, 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: biblio-1499873

Resumo

This study aimed to evaluate the yield of meat cuts and other body components of sheep kept on pasture Panicum maximum, Massai cultivar, fed increasing amounts of concentrate. The animals were divided into four treatments according to the concentrate intake in relation to body weight (zero, 0.7, 1.4 and 2.1%). After slaughter of the sheep, the weights of non-hollow viscera (tongue, lung, liver, diaphragm, kidney and spleen), hollow ones (trachea, esophagus, heart, gallbladder, bladder, rumen, omasum, abomasum, small and larger intestines), other components (blood, skin, feet, head, tail and mammary gland) and fat in the viscera (omental, mesenteric, perirenal and cavity). In carcasses, the commercial cuts were made (shoulder, ribs, loin, leg, and neck). The cuts except the neck, did not alter their weights, however, there were changes in their proportions. Only the percentage of loin did not change. With the intake of 1.42% in concentrate for body weight, there was an increase of ribs over the leg. The total weight of the non-carcass did not change, however, there was variations in its proportion. Amongst the most noticeable changes is the amount of visceral fat, which greatly increased when the sheep ingested 1.35% in concentrate for body weight. Therefore, concentrate intake by culling ewes does not increase mass commercial cuts. The proportions of commercial cuts and other body constituents change diffusely. With the maturity has been reached, the observed weight gain is, in most cases, result of increased visceral fat.
Objetivou-se avaliar o rendimento dos cortes cárneos e os demais constituintes corporais de ovelhas mantidas em pasto Panicum maximum, cultivar Massai, consumindo quantidades crescentes de concentrado. Os animais foram distribuídos em quatro tratamentos de acordo com a ingestão de  concentrado (panícula de sorgo, farelo de soja, ureia e sal mineralizado) em relação ao peso corporal (zero; 0,7; 1,4 e 2,1%). Após o abate das ovelhas, realizaram-se as pesagens das vísceras não-ocas (língua, pulmão, fígado, diafragma, rins e baço), ocas (traqueia, esôfago, coração, vesícula, bexiga, rúmen, omaso, abomaso, intestinos delgado e grosso), outros componentes (sangue, pele, pés, cabeça, cauda e glândula mamária) e gorduras nas vísceras (omental, mesentérica, perirrenal e cavitária). Nas carcaças, realizaram-se os cortes comerciais (paleta, costelas, lombo, perna e pescoço). Os cortes, com exceção do pescoço, não mudaram seus pesos, contudo, houve alterações nas suas proporções. Somente a porcentagem de lombo não mudou. Com a ingestão de 1,42% em concentrado do peso corporal, houve aumento de costelas em detrimento da perna. O peso total dos constituintes não-carcaça não mudou, no entanto, houve alterações em sua proporção. Dentre as mudanças mais visíveis está o total de gordura nas vísceras, que aumentou grandemente quando as ovelhas ingeriram 1,35% em concentrado do peso corporal. Portanto, a ingestão de concentrado por ovelhas de descarte não incrementa massa aos cortes comerciais. As proporções dos cortes comerciais e demais constituintes corporais mudam difusamente. Com a maturidade já atingida, o ganho em peso observado é, na maioria dos casos, resultado do aumento da gordura visceral.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1