Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of concentrate supplementation during pre-kidding on the productive and reproductive performance of goats raised on Guinea grass (Panicum maximum cv. Tobiatã) pasture / Suplementação de concentrado na fase pré-parto no desempenho produtivo e reprodutivo de cabras mantidas em pastagem de capim-tobiatã (Panicum maximum cv. Tobiatã)

Marques, Raquel Ornelas; Gonçalves, Heraldo Cesar; Meirelles, Paulo Roberto de Lima; Cañizares, Gil Ignacio Lara; Oliveira, Giuliana Micai de; Gomes, Helen Fernanda Barros; Fernandes, Simone; Oliveira, Aline Aparecida de; Brito, Évelyn Prestes; Carmo, Raphaela Felipe.
Semina ciênc. agrar; 37(3): 1489-1504, maio/jun. 2016. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1500363

Resumo

Sixty goats (20 Alpine, 18 Anglo-Nubian, and 22 crossbred Boer), with average body weight 49.33 ± 1.41 kg, were raised on Panicum maximum cv. Tobiatã pasture with two different levels of concentrate supplementation, 300 (SL30) and 600 g kg-1 (SL60) of the daily requirements, and evaluated from the pre-mating season until an average of 110 days of lactation. Milk controls were performed every 14 days. The following milk production curve parameters were estimated: time to reach peak milk production (TP), peak milk production (PP) and milk production during the first 110 days of lactation (MP). The following milk components were determined: fat, protein, lactose, total solids (TS), defatted dry extract (DDE), urea nitrogen (UN) concentrations, and somatic cell count (SCC). Goat prolificacy and birth weight of the kids were also determined. Breed affected the lactation curve, with Alpine and Anglo- Nubian goats presenting higher TP, PP, and MP. Protein, TS, and DDE concentrations were also affected by breed, being higher for crossbred Boer goats. Milk fat, lactose concentrations, and the log of SCC were affected by the concentrate supplementation level, being higher for SL30, as well as by the breed, with crossbred Boer goats presenting higher fat concentrations and log of SCC, and crossbred Boer and Alpine goats presenting higher lactose concentrations. UN was affected by the...
Foram utilizadas 60 cabras (20 Alpina, 18 Anglo-Nubiana e 22 mestiças Boer), com peso corporal médio de 49,33±1,41kg, mantidas em pastagem com Panicum maximum cv. Tobiatã e suplementadas com dois níveis de concentrado: 300 (NS30) e 600 g kg-1 (NS60) das exigências diárias, avaliadas desde a pré-estação de monta, até, em média 110 dias de lactação. O controle leiteiro foi realizado a cada 14 dias, estimando-se as características da curva de produção: tempo para atingir o pico (TP), produção no pico (PP) e produção de leite até 110 dias de lactação (PL); os constituintes: gordura, proteína, lactose, sólidos totais (ST), extrato seco desengordurado (ESD), nitrogênio ureico (NU) e contagem de células somáticas (CCS); além da prolificidade das cabras e o peso ao nascer dos cabritos. O grupo racial influenciou a curva de lactação, sendo que as Alpinas e Anglo-Nubianas apresentaram maior TP, PP e PL. Os teores de proteína, ST e ESD foram influenciados pelo grupo racial, tendo as mestiças Boer apresentado maiores teores. Os teores de gordura, lactose e o log da CCS foram influenciados pelo tratamento, sendo o NS30 com maiores valores, e pelo grupo racial, tendo as mestiças Boer apresentado maiores valores para teores de gordura e log da CCS, e as mestiças Boer e as Alpinas maiores valores para a lactose. O NU foi influenciado pelo estádio da lactação. A prolificidade e o peso ao nascer...
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1