Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Dehydrated cashew apple meal in the feeding of growing rabbits / Farelo do pseudofruto do caju desidratado na alimentação de coelhos em crescimento

Gomes, Thalles Ribeiro; Freitas, Ednardo Rodrigues; Watanabe, Pedro Henrique; Guerreiro, Maria Elizimar Felizardo; Sousa, Amanda da Rocha; Ferreira, Ana Carolina Sampaio.
Semina ciênc. agrar; 39(2): 757-770, mar.-abr. 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501135

Resumo

Two trials were conducted aiming to determine the chemical composition, the digestibility of nutrientsand energy from dehydrated cashew apple meal, as well as to evaluate the effects generated by includingincreasing levels (0, 10, 20, 30, 40 and 50%) of this ingredient in growing rabbit feed, on performance,carcass characteristics and economic evaluation. In the digestibility trial, were used 24 rabbits with 55days of age, distributed in a completely randomized design with two treatments and twelve repetitions,being one reference feed and the other test feed, composed by 70% of the reference feed and 30%DCAM. The coefficients of the dry matter digestibility, crude protein and gross energy of the DCAMwere, respectively, 67.79; 30.03 and 48.61%. The digestible dry matter, digestible protein and digestibleenergy, based on dry matter, were, respectively, 59.55%; 4.76% and 2,119.66 kcal/kg. In the secondtrial, 120 mixed breed rabbits were used, with an average of 45 days of age and weight 1143 ± 153g.The animals were distributed in a completely randomized design, with six treatments and ten repetitionswith two rabbits of the same sex per cage. It was observed that the inclusion of DCAM did not affect(P > 0.05) the feed intake, but reduced (P < 0.05) the feed conversion efficiency, as well as a linearreduction in carcass yield. A quadratic effect on daily weight gain and the ratio meat/bone was observed,with better inclusion level estimated at 25.31 and 24.65%, respectively. The inclusion of DCAM linearlyimproved economic viability to the level of 50%, however not to harm the weight gain and the ratiomeat/bone, it is recommended to include up to 25%.
Dois ensaios foram conduzidos com o objetivo de determinar a composição química, a digestibilidadedos nutrientes e da energia do farelo do pseudofruto do caju desidratado (FPCD), bem como avaliar osefeitos da inclusão de níveis crescentes (0, 10, 20, 30, 40 e 50%) deste ingrediente em rações para coelhosem crescimento, sobre o desempenho, características de carcaça e avaliação econômica. No ensaio dedigestibilidade foram utilizados 24 coelhos com 55 dias de idade, distribuídos em um delineamentointeiramente casualizado com dois tratamentos e doze repetições, sendo uma ração referência e outraração teste, composta por 70% da ração referência e 30% de FPCD. Os coeficientes de digestibilidade da matéria seca, proteína bruta e energia bruta do FPCD foram, respectivamente, 67,79; 30,03 e 48,61%.Os teores de matéria seca digestível, proteína digestível e energia digestível, com base na matéria seca,foram, respectivamente, 59,55%; 4,76% e 2.119,66 kcal/kg. No segundo ensaio foram utilizados 120coelhos mestiços, com média de 45 dias de idade e peso de 1143±153g. Os animais foram distribuídosem um delineamento inteiramente casualizado, com seis tratamentos e dez repetições com dois coelhosdo mesmo sexo por gaiola. Observou-se que a inclusão do FPCD não influenciou (P > 0,05) o consumode ração, porém promoveu uma piora (P < 0,05) na conversão alimentar, bem como uma redução linearno rendimento de carcaça. Observou-se efeito quadrático no ganho diário de peso e na relação carne/osso, com o melhor nível de inclusão estimado em 25,31 e 24,65%, respectivamente. A inclusão doFPCD melhorou linearmente a viabilidade econômica até o nível de 50%, entretanto para não prejudicaro ganho de peso e a relação carne/osso, recomenda-se incluir até 25%.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1