Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Fermentation pattern of tropical grass haylage and digestibility compared to hay in equine diet / Padrão de fermentação da silagem de gramínea tropical e digestibilidade comparada ao feno na dieta de equinos

Costa, Maria Lindomárcia Leonardo da; Rezende, Adalgiza Souza Carneiro de; Fonseca, Mayara Gonçalves; Lage, Jéssica; Pimentel, Patrícia Guimarães; Mizubuti, Ivone Yurika; Freitas, Guilherme Passos de; Moreira, Guilherme Rocha; Lana, Ângela Maria Quintão; Saliba, Eloísa de Oliveira Simões.
Semina ciênc. agrar; 39(5): 2125-2132, 2018. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501233

Resumo

Hay production is the most common form of forage conservation methods for horse feeding. However, haylage can be an alternative to hay. The present research assessed the nutritional value of Tifton-85 haylage by fermentation pattern, bromatological composition, and apparent digestibility compared to hay in the diet of Quarter Horse mares. Haylage was prepared with 700.0 g of dry matter (DM) kg-¹ added with a biological inoculum and was assessed at 1, 3, 7, 14, 28, and 56 days of production. At 14 days, the protein content had decreased from 192.0 to 173.2 g kg-¹ DM. The opposite was found for ammoniacal nitrogen, which rose from 0.61 to 1.14 g kg-¹ DM of total nitrogen. No differences were found for the variables NDF, ADF, hemicellulose, pH, acetic acid, propionic acid and butyric acid, whose values were 734.3, 316.5 and 416.9 g kg-¹ DM, pH 5.47 and 0.06, 0.003, 0.03 g kg-¹ DM, respectively. Lactic acid contents were higher after 28 days of haylage production, reaching 2.39 g kg-¹ DM at the last assessment. The contents of aflatoxins, fumonisin, and zearalenone in the plant were similar to those in the haylage at 0.95 µg kg-¹, 0.60 mg kg-¹, and 0.71 µg kg-¹, respectively. The digestibility assay showed an increase in protein digestibility in the diet with haylage (675.1 g kg-¹ DM) compared to hay (579.1 g kg-¹ DM) of the same grass. Haylage can potentially be used to feed horses and its use is recommended starting at 28 days of production.
A produção de feno é a forma mais comum entre os métodos de conservação de forragem para alimentação de cavalos. Entretanto, a silagem pode ser alternativa ao uso do feno. A presente pesquisa avaliou o valor nutricional da silagem de Tifton-85 através do padrão de fermentação, composição bromatológica e digestibilidade aparente, em comparação com feno na dieta de éguas da raça Quarto de Milha. Foram confeccionadas silagens com 700,0 g matéria seca (MS) kg-¹ e aditivada com inoculante biológico, as quais foram avaliadas 1, 3, 7, 14, 28 e 56 dias de produção. Aos 14 dias foi verificado redução na concentração proteica de 192,0 para 173,2 g kg-¹ MS. O inverso foi encontrado para o nitrogênio amoniacal que aumentou de 0,61 para 1,14 do nitrogênio total. Não foram verificadas diferenças para as variáveis FDN, FDA, hemicelulose, pH, ácido acético, propiônico e butírico que apresentaram 734,3; 316,5; 416,9 g kg-¹ MS, pH 5,47 e 0,06; 0,003; 0,03 g kg-¹ MS, respectivamente. As concentrações de ácido láctico foram superiores a partir dos 28 dias de produção, atingindo 2,39 g kg-¹ MS no último tempo avaliado. As concentrações de aflatoxinas, fumonisina e zearalenona foram semelhantes entre planta e silagem, que foram 0,95 µg kg-¹; 0,60 mg kg-¹ e 0,71 µg kg-¹, respectivamente. No ensaio de digestibilidade, foi verificado aumento na digestibilidade da proteína na dieta com silagem (675,1 g kg-¹) quando comparada ao feno (579,1 g kg-¹) da mesma gramínea. A silagem apresenta potencial para utilização na alimentação de equinos sendo recomendada sua utilização a partir de 28 dias de ensilada.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1