Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Physical and physicochemical characteristics, bioactive compounds and antioxidant activity of xiquexique (Pilosocereus gounellei (A. Weber ex K. Schum.)) fruit / Características físicas e físico-químicas, compostos bioativos e atividade antioxidante do fruto de xiquexique (Pilosocereus gounellei (A. Weber ex K. Schum.))

Silva, Antonia Almeida da; Dantas, Renato Lima; Véras, Claudiana dos Santos; Alves, Ricardo Elesbão; Silva, Silvanda de Melo.
Semina ciênc. agrar; 39(5): 1969-1980, 2018. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501236

Resumo

Many native species from the Cactaceae family with occurrence in northeastern Brazil have been investigated targeting their chemical composition and functional properties as strategy of adding value to these species that are underexploited according to ethnobotanical studies. The xiquexique (Pilosocereus gounellei (A. Weber ex K. Schum.)) is one of these species that adapts in high temperatures and low rainfall environments and some local populations use it for several purposes, including animal feeding and medicinal. However, there is few studies regarding the physical and physicochemical characterization and on the compounds of functional interest in fruits of this species. In the context, the aim of this study was to evaluate the physical and physicochemical characteristics, bioactive compounds and antioxidant activity of the xiquexique fruit from plants occurring in three municipalities of the state of Paraíba, Brazil. The pulp of fruits from the municipalities of Boqueirão and Solânea presented lower acidity content, with higher SS/AT ratio and may be more suitable for fresh consumption. Furthermore, fruits from these municipalities can be also attractive for processing once they had larger sizes. Fruits of xiquexique exhibited high contents of functional compounds such as phenolic and betalains, which provided high antioxidant activity, with potential for adding value.
Diversas espécies nativas da família Cactaceae de ocorrência no Nordeste do Brasil têm sido estudadas quanto à qualidade, composição química e propriedades funcionais como estratégia de agregação de valor às essas espécies que são subutilizadas de acordo com estudos etnobotânicos. O xiquexique (Pilosocereus gounellei (A. Weber ex K. Schum.)) é uma dessas espécies que se adapta em ambientes com temperaturas elevadas e baixa pluviosidade e é utilizada pela população local para diversos usos, inclusive na alimentação animal e medicinal. Contudo, há escassez de estudos voltados para a determinação de compostos funcionais nos frutos desta espécie. Neste contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar as características físicas e físico-químicas, os compostos bioativos e a atividade antioxidante de frutos de xiquexique provenientes de três municípios do estado da Paraíba. A polpa dos frutos dos municípios de Boqueirão e Solânea apresentou conteúdo de acidez mais baixo, com relação SS/AT elevada, podendo se adequar para consumo fresco. Além disso, os frutos destes municípios por apresentarem maior tamanho podem também ser atrativos para o processamento. Os frutos de xiquexique apresentam altos conteúdos de compostos funcionais, a exemplo de compostos fenólicos e de betalaínas, o que proporcionou elevada atividade antioxidante, com potencial de agregação de valor.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1