Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Plant density and nitrogen topdressing of high-altitude main-season corn / Densidade de plantas e doses de nitrogênio em cobertura no milho safra em elevada altitude

Piazzoli, Denis; Sapucay, Moryb Jorge Lima da Costa; Prando, André Mateus; Oliveira Júnior, João Alberto de; Zucareli, Claudemir.
Semina ciênc. agrar; 42(05): 2651-2668, set.-out. 2021. graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501864

Resumo

An appropriate combination of plant density with nitrogen (N) fertilization can optimize corn growth an increase grain yields. This study evaluated the effects of nitrogen topdressing rates and plant density levels on the agronomic performance of corn. The early hybrid DKB 240 YG, with high yield potential and stability, was evaluated in two summer crops in Mauá da Serra, Paraná (950 m asl), in a Cfb climate, on a Rhodic Eutrudox. The experiment was arranged in randomized complete blocks and subdivided plots with four replications. The plant densities (60,000; 75,000; 90,000 and 105,000 plants ha-¹) were assessed in the plots and the nitrogen (ammonium nitrate 32% N) topdressing rates (0, 60, 120, 180 and 240 kg ha-¹)in the subplots. The stem diameter, plant height, ear insertion height and grain yield were evaluated. The stem diameter, plant height, ear insertion height and grain yield were influenced by the interaction between plant density and nitrogen topdressing under the tested high-altitude edaphoclimatic conditions. The stem diameter of corn plants decreased due to the increase in plant density where as nitrogen topdressing attenuated this reduction. Maximum plant height was observed at a density of 75,000 plants ha-¹ associated with a topdressing of 169 kg ha-¹ of N, and highest ear insertion at 60,000 plants ha-¹ and 168 kg ha-¹ of N. Corn yield was highest at a density of 105,000 plants ha-¹ associated with a topdressing of 185 kg N ha-¹ of N.
A adequada combinação entre densidade de plantas e adubação nitrogenada (N) pode favorecer o crescimento e incrementar a produtividade de grãos do milho. Objetivou-se avaliar o efeito de níveis da adubação nitrogenada em cobertura associado a densidades de plantas sobre o desempenho agronômico do milho. O experimento foi conduzido em duas safras de verão em Mauá da Serra – PR (950 m), clima do tipo Cfb, em Latossolo Vermelho distroférrico, com o híbrido precoce de alto potencial produtivo e estabilidade no plantio DKB 240 YG. Utilizou-se blocos completos casualizados e parcelas subdivididas, com quatro repetições. Nas parcelas, alocaram-se as densidades de plantas (60.000, 75.000, 90.000 e 105.000 plantas ha-¹) e, nas subparcelas, as doses de N (nitrato de amônio 32% N) em cobertura (0, 60, 120, 180 e 240 kg ha-¹). Foram avaliados o diâmetro de colmo, a altura de plantas e de inserção da espiga e a produtividade de grãos. O diâmetro do colmo, a altura de plantas, de inserção da espiga e a produtividade de grãos são influenciadas pela interação entre densidade de plantas e níveis de N em cobertura sob condições edáficas e meteorológicas em elevada altitude. O diâmetro de colmo do milho diminui pelo acréscimo na densidade de plantas e o N em cobertura atenua essa redução. A altura máxima das plantas foi observada na densidade de 75.000 plantas ha-¹ associada a cobertura de 169 kg ha-¹ de N e a maior inserção de espigas com 60.000 plantas ha-¹ e 168 kg ha-¹ de N. A produtividade do milho foi maior na densidade de 105.000 plantas ha-1 associada a uma cobertura de 185 kg ha-¹ de N.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1