Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Epidemiological situation of bovine tuberculosis in the state of Tocantins, Brazil / Situação epidemiológica da tuberculose bovina no estado de Tocantins, Brasil

Ferreira Neto, José Soares; Barbosa, Regina Gonçalves; Ferreira, Fernando; Amaku, Marcos; Dias, Ricardo Augusto; Grisi-Filho, José Henrique Hildebrand; Gonçalves, Vitor Salvador Picão; Baquero, Oswaldo Santos; Machado, Saulo de Tarso Zacarias; Telles, Evelise Oliveira.
Semina ciênc. agrar; 42(3,supl. 1): 1673-1684, 2021. map, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: biblio-1501951

Resumo

The epidemiological situation of bovine tuberculosis was studied from October 2014 to August 2015 int he state of Tocantins, a traditional beef exporter. The state was divided into five regions and the farms were randomly selected in each region. A predetermined number of animals was randomly selected and diagnosed using the Comparative Cervical Tuberculin Test. A total of 11,926 animals from 757 farms were tested. Animals with inconclusive test results were retested with the same diagnostic procedure at least 60 days later. The prevalence of infected herds in the state was 0.16% [0.02-1.15] and the prevalence of infected animals 0.009% [0.001-0.063]. Only one positive animal was detected in the Araguaína region. The state of Tocantins has a very low prevalence of bovine tuberculosis and, therefore, should evaluate the need of structuring a surveillance system to eradicate the disease.
Entre outubro de 2014 a agosto de 2015, foi estudada a situação epidemiológica da tuberculose bovina no estado de Tocantins, tradicional exportador de carne. O estado foi estratificado em cinco regiões. Em cada região, propriedades foram sorteadas aleatoriamente e, dentro dessas, escolheu-se de forma também aleatória um número pré-estabelecido de animais, os quais foram submetidos ao teste tuberculínico Cervical Comparativo. No total, foram testados 11.926 animais, provenientes de 757 propriedades. Os animais que resultaram inconclusivos foram retestados com o mesmo procedimento diagnóstico em intervalo mínimo de 60 dias. No Estado, a prevalência de focos foi de 0,16% [0,02-1,15] e a de animais 0,009% [0,001-0,063].Foi detectado apenas um animal positivo em propriedade da região de Araguaína. O estado de Tocantins apresenta baixíssima prevalência de tuberculose bovina e, portanto, deve avaliar a conveniência de estruturar sistema de vigilância visando à erradicação da doença.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1