Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Implante de Port-o-Cath para quimioterapia antineoplásica em um canino: relato de caso / Implant of Port-o-Cath for antineoplastic chemotherapy in a canine: case report

Santos, E. R; Rosa, N. S; Barni, B. S; Oliveira, M. P; Venâncio, J. S; Contesini, E. A; Muccillo, M. S; Driemeier, D.
Arq. bras. med. vet. zootec; 68(6): 1453-1457, nov.-dez. 2016. ilus
Artigo em Português | LILACS | ID: biblio-827930

Resumo

O Port-o-Cath é um cateter venoso central totalmente implantável, o qual permite a infusão de quimioterápicos, hemoderivados, nutrição parenteral e coleta de sangue. Este trabalho relata o caso de um canino com um tumor no membro pélvico que foi tratado cirurgicamente e recebeu o cateter para a quimioterapia antineoplásica. A paciente possuía um sarcoma sinovial, tumor incomum em cães, que acomete normalmente as articulações e exige terapia multimodal. O tratamento foi feito em duas etapas; na primeira, o membro foi amputado e, na segunda, foi realizado o implante do Port-o-Cath e exérese de nódulo metastático. A cadela respondeu satisfatoriamente à cirurgia e realizou as sessões de quimioterapia com perfeito funcionamento do cateter, indo a óbito por outras causas 90 dias após o procedimento. O implante de Port-o-Cath para a quimioterapia é um grande aliado à terapia multimodal preconizada para o câncer, podendo o cateter ser considerado em pacientes que necessitem de medicação quimioterápica por longo período.(AU)
The Port-a-Cath is a totally implantable central venous catheter that allows the infusion of chemotherapeutic agents, blood products, parenteral nutrition, and blood sample collection. This work reports the case of a dog with a tumor in the pelvic limb that was treated surgically and received the catheter for cancer chemotherapy. The patient was diagnosed with synovial sarcoma, an uncommon tumor in dogs that usually affects the joints and requires multimodal therapy. The treatment was done in two steps, in the first the limb was amputated and in the second the Port-a-Cath implantation and the excision of the metastatic nodule were performed. The dog responded well to surgery and chemotherapy sessions held with proper functioning of the catheter, and died from other causes 90 days after the procedure. The implantation of Port-a-Cath for chemotherapy is a great ally of multimodal therapy recommended for cancer, so this catheter may be considered for patients requiring chemotherapy medication for a long period.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1