Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Fermentation profile and microbial population in soybean silages with inoculant and powdered molasses / Perfil fermentativo e população microbiana em silagens de soja com inoculante e melaço em pó

Rosa, L. O; Pereira, O. G; Ribeiro, K. G; Valadares Filho, S. C; Cecon, P. R.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 70(5): 1586-1594, set.-out. 2018. tab, graf
Artigo em Inglês | LILACS | ID: biblio-947433

Resumo

Fermentation profile and microbial population were assessed in soybean silages without any additive (control), with inoculant (I), with I + powdered molasses (I+M), and with powdered molasses only (M). Soybean plants were harvested at the R6 stage and ensiled in 2kg-capacity laboratory silos. The additives were added to the natural matter base of silages. The assessed fermentation periods were 1, 3, 7, 14, 28, and 56 days. A 4 × 6 factorial arrangement (4 additives × 6 fermentation periods) in a completely randomized design with 3 replicates was used. Lactic, acetic, and butyric acids concentrations were influenced by additives and periods (P< 0.05). It was observed higher lactic acid values to control silages, on the 56th day. Lower average values of acetic and butyric acids were observed to I+M and M silages. It was observed quadratic effect to pH values with a reduction estimated of 0.5504, 0.5358, 0.6312 and 0.6680 units to pH values to control, I, I+M, and M silages in the first 10 days. A maximum lactic acid bacteria population was observed at the 28th day of fermentation in silages with inoculant. The inoculant and powdered molasses improve the fermentation profile of soybean silages.(AU)
Avaliou-se o perfil fermentativo e a composição microbiana de silagens de soja sem aditivos (controle), com inoculante (I), com I + melaço em pó (I+M) e com melaço em pó (M). As plantas de soja foram colhidas no estádio R6 e ensiladas em silos laboratoriais com capacidade de 2kg. Os aditivos foram adicionados às silagens na matéria natural. Os períodos de fermentação avaliados foram: 1, 3, 7, 14, 28 e 56 dias. Utilizou-se um esquema fatorial 4 × 6 (quatro aditivos × seis períodos), em um delineamento completamente ao acaso, com três repetições. Observou-se efeito de aditivos e de período (P<0,05) sobre os ácidos láctico, acético e butírico. Foi constatado maior teor de ácido láctico na silagem controle aos 56 dias. Para os teores dos ácidos acético e butírico, registraram-se menores valores médios nas silagens I+M e M. Observou-se efeito quadrático para o pH das silagens, com estimativa de redução de pH nos primeiros 10 dias igual a 0,5504; 0,5358; 0,6312 e 0,6680 nas silagens controle, I, I+M e M, respectivamente. A máxima população de bactéria ácido-láctica foi observada aos 28 dias nas silagens inoculadas. O inoculante e o melaço em pó melhoram o perfil fermentativo de silagens de soja.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1