Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Estudo epidemiológico e clínico de afecções podais em bovinos de corte manejados extensivamente no sudeste do Pará / Epidemiological and clinical study of foot diseases in beef cattle extensive management in southeastern Pará, Brazil

Silveira, José A. S; Silva, Natália S; Albernaz, Tatiane T; Bomjardim, Henrique A; Reis, Alessandra S. B; Oliveira, Carlos M. C; Duarte, Marcos D; Barbosa, José D.
Pesqui. vet. bras; 38(3): 367-373, mar. 2018. ilus, tab
Artigo em Português | | ID: biblio-964204

Resumo

Foram avaliados os fatores epidemiológicos e as afecções podais de bovinos de corte no estado do Pará em 12 propriedades. Em todas foi realizado o estudo epidemiológico e em nove o estudo epidemiológico e o exame clínico dos animais. Nos centros de manejo foram observados fatores favoráveis a traumatismos nos dígitos dos bovinos, como piso das seringas calçado com pedras, troncos com exposição de ferragens e rampas dos embarcadores com pisos de pedras pontiagudas, além da falta de manutenção e erros estruturais. Em todas as fazendas observou-se um manejo inadequado dos animais. Em 91,7% das fazendas (11/12) havia piquetes com presença de troncos de árvores e 66,7% (8/12) apresentavam áreas de relevo inclinado com presença de pedras. Em 16,7% (2/12) das fazendas havia áreas de brejo com áreas alagadas. A sodomia foi relatada em todas as propriedades. Nenhuma fazenda adotava medidas profiláticas relacionadas às afecções podais. Foram examinados 498 bovinos entre fêmeas e machos. Os membros pélvicos foram mais acometidos, tanto nas fêmeas quanto nos machos. Foram diagnosticadas 629 lesões nas fêmeas, sendo as mais frequentes pododermatite séptica, deformações ungulares, pododermatite da sobreunha e dermatite digital. Nos machos diagnosticou-se 285 lesões e as mais frequentes foram pododermatite séptica, deformações ungulares e abrasão de talão. Conclui-se que erros de manejo associados às condições inadequadas das instalações foram fatores que contribuíram para a ocorrência de enfermidades podais em bovinos de corte nas fazendas estudadas; as características ambientais favoreceram o desenvolvimento das lesões; as associações de lesões foram mais prevalentes do que as simples, sendo diagnosticadas em animais em todas as fazendas estudadas; o diagnóstico precoce a campo não era realizado, o que contribuiu para aumentar a gravidade e a diversificação das afecções podais diagnosticadas.(AU)
The epidemiological study was conducted in 12 farms with the history of foot disease occurrence. Clinical examination of the affected cattle for the diagnosis of foot disease was performed only on nine of these farms. Multiple risk factors were found for digit injuries, as syringes floors paved with rocks, working chutes with iron fittings exposure, loading ramps covered with sharp stones and the lack of maintenance and structural errors. On each farm there was an inappropriate handling of cattle. On 91.7% of them (11/12) existed pickets with trunks of trees and 66.7% (8/12) had areas of sloping relief with stones. Moreover, 16.7% (2/12) of the farms were in marsh areas and wetlands. Sodomy was reported for all farms. None of them adopted preventive measures related to foot problems. A total of 498 cattle, males and females, were examined. The hind limbs were the most affected in both, females and in males. In females 629 lesions were diagnosed. The septic pododermatitis was the most common, followed by claw deformities, pododermatitis in the paradigits and digital dermatitis. In males 285 injuries were diagnosed; the most common were septic pododermatitis, claw deformities and heel erosion. It was concluded that management errors associated with inadequate facilities were factors that contributed to the occurrence of foot diseases in beef cattle of the farms studied. The environmental characteristics favored the development of lesions; combined injuries were more prevalent than the simple ones diagnosed in cattle of all farms. Early diagnosis was not carried out in the field, what helped to increase the severity and the diversification of the foot problems.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1