Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Diet of fishes in Passa Cinco stream, Corumbataí River sub-basin, São Paulo state, Brazil / Dieta das espécies de peixes no rio Passa Cinco, sub-bacia do rio Corumbataí, São Paulo, Brasil

Rondineli, G; Gomiero, LM; Carmassi, AL; Braga, FMS.
Braz. j. biol; 71(1): 157-167, Feb. 2011. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: lil-578412

Resumo

The aim of this study was to describe and classify the food preference of fish species in Passa Cinco stream. The grade of feeding preference was applied to stomachs considered replete. This method consists of attributing values to food items found in certain species, according to the participation of each item in the analysed stomach. We analysed 576 full stomachs of 28 species. The autochthonous insects were the main constituents of the diets of these species, and the majority of ingested items classified as occasional. Allochthonous items such as plant debris, seeds and earthworms were associated with higher-order site. Of the total possible combination pairs of species, 29.4 percent showed high overlap, wich occurred mainly within species that consumed aquatic insect larvae. However, those species showed significant differences in the exploitation of food resources. Omnivory was common, showing the plasticity of the required species that inhabit environments as found in streams.
O objetivo do presente trabalho foi descrever e classificar a preferência alimentar das espécies de peixes do rio Passa Cinco. O grau de preferência alimentar foi aplicado aos estômagos considerados repletos. Este método consiste em atribuir valores aos itens alimentares de uma dada espécie de acordo com a participação relativa de cada item no estômago analisado. Foram analisados 576 estômagos repletos de 28 espécies. Insetos de origem autóctone foram os principais constituintes das dietas dessas espécies, sendo a maioria dos itens ingeridos classificada como ocasional. Itens alóctones como fragmentos vegetais, sementes e minhocas estiveram associados ao ponto de maior ordem. Dentre os possíveis pares de combinações de espécies, 29,4 por cento apresentaram alta sobreposição alimentar, que ocorreu principalmente devido ao consumo de formas imaturas de insetos, no entanto, foram detectadas diferenças significativas na exploração dos recursos por essas espécies. A onivoria foi frequente, mostrando a plasticidade trófica necessária às espécies que habitam ambientes como os encontrados nos riachos.
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1