Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Frequency and hematological alterations of different hemoplasma infections with retrovirusis co-infections in domestic cats from Brazil / Frequência e alterações hematológicas causadas por diferentes infecções por hemoplasmas com co-infecções por retrovírus em gatos domésticos do Brasil

Firmino, Fernanda P; Aquino, Larissa C; Marçola, Tatiana G; Bittencourt, Marta V; McManus, Concepta M; Paludo, Giane R.
Pesqui. vet. bras; 36(8): 731-736, Aug. 2016. tab
Artigo em Inglês | | ID: lil-797996

Resumo

Mycoplasma haemofelis is the agent of feline infectious anemia, although Candidatus M. haemominutum can also be associated. This study evaluated the frequency and hematological alterations caused by hemoplasma infections and co-infections with FeLV, FIV and Toxoplasma gondii in domestic cats from two distinct areas (urban - G1 and periurban - G2) of Brasília, Brazil. One hundred cats were evaluated, 51 from the G1 area and 49 from G2. No cats were positive for T. gondii. Hemoplasma infection was diagnosed in 33% cats from G1 and 32.6% from G2 (p>0.05). In G1 35.3% of the positive cats were infected with Mycoplasma haemofelis, 47.06% with Candidatus Mycoplasma haemominutum and 17.64% with mixed hemoplasma species infection; 12.5% of the cats identified as PCR positive in G2 were infected with Mycoplasma haemofelis, 18.75% with Candidatus Mycoplasma haemominutum and 68.75% with mixed infection. Cats from the periurban area had higher mixed hemoplasmas infection rates than those from urban area, and most of them were asymptomatic carriers. Cytology results were positive in only 5% of cats from G1. Mycoplasma haemofelis infected cats had normocytic normochromic anemia while the cats infected with Candidatus Mycoplasma haemominutum or with both species did not. 37.2% of G1 cats were co-infected with Mycoplasma haemofelis and FeLV, and presented lower PCV and hemoglobin concentration than those infected only with Mycoplasma haemofelis. The co-infection with Candidatus Mycoplasma haemominutum and FeLV produced lower WBC, segmented cells and platelets, and increased total protein concentration.(AU)
Mycoplasma haemofelis é o principal agente causador da anemia infecciosa felina, apesar de outras espécies de hemoplasmas, Candidatus M. haemominutum e Candidatus M. turicensis, também estarem associadas à hemoplasmose felina. O presente estudo avaliou a frequência de hemoplasmas, as principais alterações hematológicas associadas com a infecção e co-infecções com FeLV, FIV e Toxoplasma gondii em gatos domésticos de duas áreas diferentes (urbana - G1 e periurbana - G2) de Brasília, Brasil. 100 gatos foram avaliados, 51 de G1 e 49 de G2. Nenhum gato foi positivo para T. gondii. Hemoplasmose foi diagnosticada em 33% dos gatos de G1 e 32,6% de G2 (p>0,05). Em G1, 35.3% dos gatos hemoplasma positivos estavam infectados por Mycoplasma haemofelis, 47,06% por Candidatus Mycoplasma haemominutum e 17,64% apresentaram infecção concomitante por Mycoplasma haemofelis e Candidatus Mycoplasma haemominutum. Em G2, 12,5% dos gatos hemoplasma positivos estavam infectados por Mycoplasma haemofelis, 18,75% por Candidatus Mycoplasma haemominutum e 68,75% apresentaram infecção concomitante por Mycoplasma haemofelis e Candidatus Mycoplasma haemominutum. Gatos da região periurbana eram, em sua maioria, assintomáticos e apresentaram mais infecção concomitante por duas espécies de hemoplasmas do que gatos da região urbana. Os resultados da citologia foram positivos apenas em 5% dos gatos de G1. Gatos com infectados apenas com Mycoplasma haemofelis apresentaram anemia normocítica normocrômica e gatos com infecção única com Candidatus Mycoplasma haemominutum ou em combinação com Mycoplasma haemofelis não apresentaram alterações hematológicas. 37,2% dos gatos de G1 estavam co-infectados por Mycoplasma haemofelis e FeLV, e apresentaram VG e concentração de hemoglobina menores do que os gatos infectados apenas por Mycoplasma haemofelis. A co-infecção por Candidatus Mycoplasma haemominutum e FeLV resultou em baixo número de leucócitos, segmentados e plaquetes, além de aumento das concentrações de proteínas totais.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1