Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Potencial probiótico in vitro de bactérias ácido-láticas isoladas de queijo-de-minas artesanal da Serra da Canastra, MG / Probiotic potential of lactic acid bacteria isolated from minas artisanal cheese from Serra da Canastra, MG

Costa, H H S; Souza, M R; Acúrcio, L B; Cunha, A F; Resende, M F S; Nunes, Á C.
Arq. bras. med. vet. zootec; 65(6): 1858-1866, dez. 2013. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-10131

Resumo

O potencial probiótico in vitro de 12 amostras de bactérias ácido-láticas (11 Lactobacillus spp. e uma Weissella paramesenteroides), isoladas de queijo-de-minas artesanal da Serra da Canastra, foi investigado. Essas amostras foram caracterizadas in vitro quanto à susceptibilidade a antimicrobianos, antagonismo contra microrganismos de referência patogênicos e não patogênicos e sensibilidade a pH gástrico e sais biliares. Apenas L. rhamnosus B4, W. paramesenteroides C10 e L. rhamnosus D1 apresentaram resistência a menor número de antimicrobianos (ceftazidima, oxacilina, estreptomicina e vancomicina). Todas as amostras apresentaram atividade antagonista frente a todas as bactérias patogênicas testadas e não inibiram as bactérias não patogênicas. Todas as amostras foram resistentes ao pH gástrico (2.0). Alguns microrganismos mostraram pouca inibição do crescimento em presença de sais biliares, enquanto outros foram moderadamente ou altamente inibidos. L. rhamnosus B4, W. paramesenteroides C10 e L.rhamnosus D1 apresentaram o melhor potencial probiótico de acordo com os testes in vitro realizados.(AU)
The in vitro probiotic potential of twelve samples of lactic acid bacteria (eleven Lactobacillus spp. and one Weissella paramesenteroides) isolated from Minas artisanal cheese from Serra da Canastra was evaluated for their antimicrobial susceptibility, antagonistic activity against pathogenic and lactic acid bacteria, as well as for their tolerance to gastric pH and biliary salts. Only L. rhamnosus B4, W. paramesenteroides C10, and L. rhamnosus D1 showed resistance to tested antimicrobials (ceftazidime, oxacillin, streptomycin, and vancomycin). All samples showed antagonism against all pathogenic bacteria tested and did not inhibit the growth of nonpathogenic samples. Regarding gastric pH tolerance, all samples showed low inhibition at pH 2. The tolerance to biliary salts varied from low to great among tested samples. L. rhamnosus B4, W. paramesenteroides C10, and L. rhamnosus D1 showed the best probiotic potential revealed by their in vitro test results.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1