Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Órgãos internos e trato digestório de novilhos superprecoces não castrados ou castrados, de dois grupos genéticos / Internal organs and digestive tract of non-castrated or castrate young steers of two genotypes

Cattelam, J; Silveira, M. F; Sachet, R. H; Freitas, L. S; Pacheco, R. F; Moura, R. M; Alves Filho, D. C; Brondani, I. L.
Arq. bras. med. vet. zootec; 63(5): 1167-1174, 2011. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-1078

Resumo

Avaliaram-se as características dos órgãos e do trato gastrintestinal de novilhos com duas condições sexuais - castrados e não castrados -, com predomínio genético Charolês ou Nelore com idade e peso médios iniciais de 12 meses e 267kg, respectivamente. Os novilhos foram confinados até o peso de abate médio preestabelecido de 400kg. A dieta alimentar continha relação volumoso:concentrado de 50:50 (base na matéria seca), com 10 por cento de proteína bruta. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente ao acaso, em arranjo fatorial de 2x2 (duas condições sexuais x dois predomínios genéticos). Para o peso absoluto do omaso, observou-se interação significativa de genótipo versus condição sexual dos novilhos. Animais não castrados apresentaram maiores pesos absolutos dos rins (0,81 versus 0,66kg), do abomaso (1,20 versus 1,00kg) e dos intestinos, nas diferentes formas de expressão, em comparação aos castrados. Os animais com predomínio Charolês apresentaram maiores pesos absolutos do omaso (4,24 versus 3,46kg), dos intestinos (8,18 versus 6,84kg) e do total do trato digestório (16,88 versus 14,90kg) em relação aos animais com predominância Nelore. Não houve correlação entre o rendimento de carcaça e os componentes não integrantes da carcaça.(AU)
The characteristics of non-integrant parts of carcass of steers with two sexual conditions - castrated and non-castrated - with Charolais or Nellore genetic predominance were evaluated. The average age and inicial weight were 12 months old and 267kg, respectively. The steers were feedlot finished until slaughter weight of 400kg. The experimental diet was formulated in a roughage:concentrate ratio 50:50 (dry matter basis), with 10 percent crude protein. A completely randomized experimental design in a 2x2 factorial arrangement (two sexual conditions and two genetic groups) was used. Significant interaction between genotypes and sexual conditions of steers was observed for the omasum absolute weight. The non-castrated animals showed heavier kidneys (0.81 versus 0.66kg) and abomasums (1.20 versus 1.00kg) and intestines in comparisson to castrated animals. Genotypes with Charolais predominance showed heavier omasums (4.24 versus 3.46kg), intestines (8.18 versus 6.84kg), and the total digestive tract (16.88 versus 14.90kg) in relation to animals with Nellore predominance. No significant correlation between carcass dressing percentage and non-integrant parts of carcass was observed.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1