Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Tracking viral particles in the intestinal contents of the American bullfrog, Lithobates catesbeianus, by Transmission Electron Microscopy / Pesquisa de partículas virais em conteúdo intestinal de rãs-touro americanas, Lithobates catesbeianus, por meio da microscopia eletrônica de transmissão

Antonucci, A. M; Catroxo, M. H; Hipolito, M; Takemoto, R. M; Melo, N. A; França, F. M; Teixeira, P. C; Ferreira, C. M.
Arq. bras. med. vet. zootec; 66(2): 321-328, Jan.-Apr. 2014. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-10783

Resumo

Feces are an important viral agent elimination route for infected carrier animals and in aquatic organisms these pathogenic agents can very rapidly propagate due to the habitation environment. The objective of this work is to track viral particles in the intestinal contents of bullfrogs (Lithobates catesbeianus) from five commercial frog farms in the region of Vale do Paraíba, in the State of São Paulo, Brazil, using negative contrast transmission electron microscopy (TEM). The Coronaviridae, Paramyxoviridae, Parvoviridae and Herpesviridae families were observed and photographed in specimens. This work emphasizes the importance of adopting sanitary measures in commercial farms and confirms that observing feces by TEM is an efficient and rapid diagnostic tool for detecting viral agents.(AU)
Sabendo-se que as fezes são uma importante via de eliminação de agentes virais pelos animais portadores e que, por estarem na água, os agentes patogênicos podem se propagar mais rapidamente, objetivou-se a pesquisa de vírus em conteúdo intestinal de rãs-touro (Lithobates catesbeianus) de cinco ranários comerciais na região do Vale do Paraíba, no estado de São Paulo, pela técnica de microscopia eletrônica de transmissão. As famílias Coronaviridae, Paramixoviridae, Parvoviridae e Herpesviridae foram observadas e fotografadas. Este trabalho ressalta a importância da adoção de medidas sanitárias nas criações, além da confirmação de que a observação de fezes pela microscopia eletrônica de transmissão é uma eficiente ferramenta de diagnóstico rápido para agentes virais.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1