Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Criptococose cutânea em um cão relato de caso / Cutaneous Cryptococcosis in a dog - case report

Brüler, Bruna Cristina; Torres, Maria Lúcia Marcucci; Ramos, Denise Regina; Zanco, Bruna Thaine; Canella, Carolina Luz; Alves, Jefferson Douglas Soares; Thomé, Helder Esteves.
MEDVEP Derm.; 3(8): 20-24, jan.-mar. 2014. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-10785

Resumo

A Criptococose é uma micose profunda causada por leveduras do gênero Criptococcus, e apresentadistribuição mundial, podendo acometer seres humanos e diversas espécies animais. É umaafecção rara em cães, apesar de ser considerada a micose mais comum nos gatos. Pode ocorrerem indivíduos imunocompetentes, mas normalmente está associado a um estado de comprometimentoimunológico. As manifestações clínicas mais comuns nos cães são a nervosa, a ocular e a respiratória, sendo raras as manifestações cutâneas. A levedura pode ser isolada do excrementode pombos e outras aves, e sua transmissão ocorre através da inalação das mesmas, que atingemo trato respiratório inferior e se disseminam por via hematógena. O objetivo desse trabalho foi relatar um caso de criptococose em um cão da raça Labrador, com manifestação cutânea, respiratória e hematológica, atendido no hospital veterinário do Centro Universitário Fundação de EnsinoOctávio Bastos UNIFEOB.AU
Criptococcosis is a deep micotic disease caused by Criptococcus yeast, wich has worldwide distribution,capable of affecting humans and other species. It rarely affects dogs, although its considered the most common micotic disease in cats. Imunecompetent individuals may be affected, although it is normallyassociated with immunosuppression. The most common clinical manifestations in dogs are neurologic,ocular and respiratory, being cutaneous symptoms considered rare. The yeast may be isolated from theexcrement of pigeons and other birds, and its transmission occurs due to the inhalation of the yeast, wich reaches the inferior respiratory tract and disseminates itself through hematogenous spread. The aim ofthis paperwork was to report a case of criptococcosis in a Labrador dog, with cutaneous, respiratory andhematologic manifestations, attended at the veterinary hospital of the University Center Fundação deEnsino Octávio Bastos - UNIFEOB.AU
Biblioteca responsável: BR481.1
Localização: 481.1