Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Dermatite idiopática facial do gato persa: relato de caso / Face dermatitis idiopathic in a persian cat: a case report

Sousa Filho, Reginaldo Pereira de; Godinho, Alana; Albuquerque, Erica Souza; Viana, Daniel de Araujo; Cunha, Marina Gabriela Monteiro Carvalho Mori da; Morais, Glayciane Bezerra de; Lima, Adam Leal; Sampaio, Keytyanne de Oliveira; Evangelista, Janaina Serra Azul Monteiro.
MEDVEP Derm.; 3(7): 106-112, abr-jun 2013. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-10818

Resumo

A dermatite facial Idiopática do gato Persa (DFIGP) é uma dermatite facial rara, progressiva e sem etiologiadefinida, apresentando maior incidência em filhotes e adultos jovens. O presente trabalho descreve um caso de DFIGP em um gato persa, de 2 anos de idade. Após a realização de exames, o tratamento foi iniciado com prednisolona, cefalexina, vermifugação em dose única e fipronil spray. Com intuito de fazer um diagnóstico diferencial, realizou-se dieta de eliminação com uma ração hipoalergênica comercial por12 semanas. Após 10 dias do término do tratamento o paciente não apresentava melhora significativa doquadro. Optou-se então por iniciar um tratamento com ciclosporina, lavagem com xampu constituído por 2% de ácido salicílico e 2% de enxofre, e posterior aplicação de uma pomada com nistatina, sulfato de neomicina, tiostrepton e acetonil triancinolona. O gato demonstrou melhora acentuada do quadro com 10 dias do novo tratamento e remissão do quadro ao fim do tratamento, no entanto, após 30 dias sem tratamento, o animal voltou a apresentar o quadro clínico. Conclui-se que DFIGP persiste como umaenfermidade sem tratamento eficiente descrito. (AU)
Idiopathic facial dermatitis of the Persian cat (DFIGP) is a rare, progressive disease of unknown etiology. It has an higher incidence in puppies and young adults. This paper describes a case of DFIGPin a Persian cat, 2 years old. It was initially treated with prednisolone, cephalexin and fipronil spray.It was also prescribed an elimination diet with a commercial hypoallergenic diet for 12 weeks in orderto make a differential diagnosis. No significant improvent was observed after this treatment. It was then decided to start a treatment with cyclosporine and shampoo consisting of 2% salicylic acid and 2% sulfur. Addicionally it was prescribed the topical application of an ointment with nystatin, neomycin sulfate, triamcinolone tiostrepton and acetonyl. The patient showed marked improvement after 10 days of this new treatment and complete remission after 40 days of treatment, however, after30 days without treatment, the cat presented the previous skin injury. It is concluded that DFIGP isa persistent disease without effective treatment. (AU)
Biblioteca responsável: BR481.1
Localização: 481.1