Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Ocorrência de protozoários e helmintos em amostras de fezes de cães e gatos da cidade de São Paulo / Occurrence of protozoa and helminths in faecal samples of dogs and cats from São Paulo city

Gennari, S. M; Kasai, N; Pena, H. F. J; Cortez, A.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 36(2): 87-91, 1999. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-11030

Resumo

Foram examinadas, pelo Laboratório de Doenças Parasitárias do Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, no período de janeiro de 1991 a janeiro de 1995, amostras de 353 cães e de 187 gatos, com idades variadas e de diferentes áreas da cidade de São Paulo. Os métodos de diagnóstico empregados foram: centrífugo-flutuação em solução de sacarose e centrífugo-sedimentação em água-éter. Aproximadamente 45,0 por cento das amostras de cães examinadas (160 amostras) apresentaram-se positivas e o percentual de ocorrência de parasitos, em relação ao total de amostras foi: Ancylostoma spp. 20,40; Toxocara canis 8,49; Giardia sp. 7,65; Cryptosporidium parvum 2,83; Cystoisospora spp. 2,55; Sarcocystis spp. 1,70; Hammondia heydorni 0,85; e Spirocerca lupi, Trichuris vulpis e Dipylidium caninum 0,28. Das 187 amostras recebidas, provenientes de gatos, somente oito eram negativas e observou-se a ocorrência (por cento) de Cystoisospora spp. 38,5; Toxocara sp. 34,22; Giardia sp. 16,04; Cryptosporidium parvum 14,44; Ancylostoma spp. 13,37; Dipylidium caninum 10,69; Sarcocystis spp. 8,56; Physaloptera spp. 4,81; oocistos tipo "Hammondia-Toxoplasma" 1,60; Strongyloides stercoralis 1,60; e Platynosomum concinum 1,07. Em cães, as associações mais freqüentemente observadas foram: Ancylostoma spp. + T. canis em oito amostras e Ancylostoma spp. + Giardia sp. e Ancylostoma spp. + T. vulpis em cinco amostras. Em gatos, Toxocara sp. e Cystoisospora spp., encontrados em 24 amostras, e Toxocara sp. + Ancylostoma spp. em cinco amostras, foram as associações mais comumente observadas.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1