Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Toxoplasma gondii in goats from Curitiba, Paraná, Brazil: risks factors and epidemiology / Toxoplasma gondii em caprinos de Curitiba, Paraná, Brasil: fatores de risco e epidemiologia

Garcia, Guilherme; Sotomaior, Cristina; Nascimento, Aguinaldo José do; Navarro, Italmar Teodorico; Soccol, Vanete Thomaz.
R. bras. Parasitol. Vet.; 21(1): 42-47, Jan.-Mar. 2012. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-12415

Resumo

Toxoplasmosis is a zoonosis caused by Toxoplasma gondii, a protozoan with wide geographical distribution and minimal parasitic specificity that affects many species of wild and domestic animals. In livestock, especially in small ruminants like goats, toxoplasmosis can cause abortion and the birth of weak animals, leading to economic losses to farmers, and is a major source of human infection. This is a seroepidemiological study of toxoplasmosis in goats in the state of Paraná, Brazil. Sera from 405 goats from the metropolitan mesoregion of Curitiba, eastern state, were tested by the enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA) and indirect immunofluorescence antibody test (IFAT). Information on properties and goat characteristics was also collected using questionnaires. The prevalence of toxoplasmosis was 39.41 and 35.96% by ELISA and IFAT, respectively. T. gondii antibody prevalence increased with age. The risk factors for T. gondii infection in goats were: age over one year; exposure to cats, type of management and purpose of breeding. Other epidemiological factors and relevant control measures are discussed in the current study.(AU)
A toxoplasmose é uma zoonose causada pelo Toxoplasma gondii, um protozoário com vasta distribuição geográfica e pouca especificidade parasitária, que pode afetar muitas espécies de animais selvagens e domésticos. Em animais de produção, especialmente pequenos ruminantes, como caprinos, pode provocar abortos e nascimento de crias fracas, causando perdas econômicas para os criadores, além de ser uma importante fonte de infecção humana. Este é um estudo soroepidemiológico para toxoplasmose caprina no Estado do Paraná. Soros de 405 caprinos da mesorregião metropolitana de Curitiba, no leste paranaense foram avaliados pelas técnicas de imunoensaio enzimático (ELISA) e reação de imunofluorescência indireta (RIFI), além da avaliação de questionários com dados das propriedades e animais estudados. A prevalência encontrada foi de 39,41 e 35,96% para as técnicas ELISA e RIFI, respectivamente. A prevalência de anticorpos anti-T. gondii aumenta com a idade dos animais. Os fatores de risco para infecção por T. gondii em caprinos encontrados neste estudo são: idade acima de um ano, presença de gatos, tipo de manejo e propósito da criação. Outros fatores epidemiológicos e medidas de controle são discutidos no presente trabalho.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1