Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Desenvolvimento de ovos de ciatostomíneos (NematodaCyathostominae) em diferentes temperaturas / Development of cyathostomin eggs (Nematoda-Cyathostominae) in different temperatures

Souza, Luciene Soares de; Santos, Claudia Navarro dos; Quinelato, Simone; Ribeiro, Bruno dos Santos; Jordão, Alisson Rodrigues; Silva, Jairo Pinheiro da; Rodrigues, Maria de Lurdes de Azevedo.
Ciênc. Anim. (Impr.); 22(2): 17-24, 20120000. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-12568

Resumo

Os ciatostomíneos (Cyathostominae) são os nematóides mais abundantes no intestino grosso dos equinos e os ovos eliminados nas fezes podem chegar a 12x106 ovos/dia se o número de ovos por grama de fezes (OPG) for igual a 1000. Variáveis ambientais como temperatura, pluviosidade e umidade influenciam no desenvolvimento e sobrevivência de ovos e de larvas nas fezes e pastagem. O efeito da temperatura sobre o desenvolvimento de ovos dos ciatostomíneos e o tempo de armazenamento são pouco estudados. Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito das temperaturas de ±10ºC e -4ºC sobre as diferentes fases dos ovos. Fezes de equinos foram coletadas, divididas em seis amostras de aproximadamente 1kg, sendo três amostras mantidas a ±10ºC e três a -4ºC. Durante 18 meses, alíquotas de 4g de fezes foram retiradas semanalmente, de cada temperatura respectiva, para recuperação de ovos que foram mantidos em placas de Petri com água por 24h para observação e contagem das fases de desenvolvimento e contagem dos ovos viáveis e inviáveis e/ou inférteis. Sob a temperatura de ±10ºC, 75% dos ovos encontravam-se na fase de mórula e 20% em gástrula; a -4ºC, 90% em mórula e 10% em gástrula. Houve diferença significativa no número de ovos em mórula, gástrula e para o OPG entre as temperaturas. Os ovos resistiram a -4ºC, desenvolveram-se até a fase seguinte e o tempo até ovo larvado foi maior que 24h a ±25ºC. Mais estudos estão em andamento a fim de esclarecer vários aspectos do efeito da temperatura sobre ovos de ciatostomíneos estocados.(AU)
The cyathostomin (Cyathostominae) are the most abundant nematodes in the large intestine of horses. A number of eggs per gram of faeces (EPG) equal to 1000 represents a pasture contamination with eggs per 12x106 day. The environmental variables as temperature, rainfall and humidity influence the development and survival of eggs and larvae in the faeces and pasture. Studies about the storage and the effect of temperature on the development are scarce. The aim of this study was to evaluate the effect of temperatures ± 10°C and -4°C on the development of cyathostomin eggs. Feces collected from horses were divided into six samples of 1kg, three stored at ± 10ºC and three stored at -4ºC. Each seven days a sample of 4g was evaluated for counting and observation of the egg stage for a period of 18 months. At ± 10ºC temperature, 75% of eggs were at the morula stage and 20% gastrula; at -4ºC, 90% were at the morula stage and 10% in gastrula. There were significant differences in the number of eggs in morula, gastrula and the OPG between the temperatures evaluated. Eggs stored at ± 10°C and -4°C remained viable during 18 months, indicating that resistence to freezing temperature. More studies are in process to know many questions about it.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1