Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Fatores que afetam o desempenho de cordeiros Santa Inês puros e cruzados do nascimento ao desmame

Albieri Koritiaki, Natália; Luis de Azambuja Ribeiro, Edson; Clivati Scerno, Danielle; Yurika Mizubuti, Ivone; das Dores Ferreira da Silva, Leandro; Aurélio Alves de Freitas Barbosa, Marco; Leandro de Souza, Cícero; Henrique Pereira de Paiva, Fernando.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-13161

Resumo

The objective of this study was to evaluate the environmental effects (age of dam, type of birth, sex of the lamb and year of birth) and genetic groups on the weight and morphometric measurements of lamb at birth and at weaning; test regressions for predicting weight of lambs by the measurements and describe the type of growth of the measures. Lambs of young ewes (2 teeth) had lower average for all characteristics except height at weaning. The average birth weight ranged from 3.34 ± 0.14kg in the offspring of two teeth ewes to 3.94 ± 0.09kg in the lambs of eight teeth ewes, and for weaning weight ranged from 12.19 ± 0.72kg in the offspring of two teeth ewes, and 14.79 ± 0.62 in the lambs of six teeth ewes. The single birth lambs had highter averages than the twins. Means for birth weight ranged from 3.24 ± 0.11kg to 4.08 ± 0.06kg and for weaning weight from 11.18 ± 0.59kg to 15.81 ± 0.35kg, the averages were lower for twins and greater for single lambs. The genetic group affected the weight and the length and height at birth, where purebred Santa Inês lambs presented greater averages than ½ Santa Inês lambs. The year of birth influenced all traits. All correlations between weights and measures were significant. It is possible to predict the weight on the basis of measures.
Objetivou-se avaliar os efeitos ambientais (idade da mãe ao parto, tipo de nascimento, sexo do cordeiro e ano de nascimento) e os grupos genéticos sobre o peso e medidas morfométricas de cordeiros, ao nascimento e ao desmame; testar regressões para predizer peso por meio das medidas e descrever o tipo de crescimento das medidas. Os filhos de ovelhas mais jovens (dois dentes) apresentaram médias menores para todas as características, exceto altura ao desmame. As médias de peso ao nascimento variaram de 3,34 ± 0,14kg nos filhos de ovelhas de dois dentes a 3,94 ± 0,09kg nos filhos de ovelhas de oito dentes, e as de peso ao desmame variaram de 12,19 ± 0,72kg nos filhos de ovelhas de dois dentes a 14,79 ± 0,62 nos filhos de ovelhas de seis dentes. Os cordeiros nascidos de partos simples apresentaram maiores médias que os gêmeos. As médias de peso ao nascer foram de 3,24 ± 0,11kg a 4,08 ± 0,06kg e para peso ao desmame foram de 11,18 ± 0,59kg a 15,81 ± 0,35kg, as médias menores foram dos cordeiros gêmeos e as maiores dos cordeiros simples. O grupo genético influenciou o peso, o comprimento e a altura ao nascimento, os Santa Inês puros apresentaram médias maiores que os ½ Santa Inês. O ano de nascimento influenciou todas as características. Todas as correlações entre pesos e medidas foram significativas, e assim foi possível prever o peso em função das medidas.
Biblioteca responsável: BR68.1