Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Influência de diferentes tipos de dieta sobre a obtenção de embriões coletados de camundongos fêmeas (Mus musculus) superovuladas / Influence of different diet types on embryo obtention from superovulated female mice (Mus musculus)

Sobrinho, C. M. F; Ferreira, J. B. P; Torres, T. M; Mendes, L. J. C; Pires, I. M. Folhadella.
R. bras. Reprod. Anim.; 39(2): 284-288, Abr-Jun. 2015. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-13162

Resumo

O objetivo deste trabalho foi comparar a influência da administração, na fase pré-púbere, de diferentesdietas alimentares e formas de esterilização da ração sobre o número de embriões de duas células e a quantidadede estruturas coletadas de camundongos fêmeas superovuladas. Foram utilizados animais B6.129P2-Nos2,divididos em quatro grupos, conforme a ração comercial ingerida: G1- comum autoclavada; G2- comum nãoautoclavada; G3- para fins de reprodução e G4- comum irradiada. Os animais foram pesados semanalmente ealimentados com 184g da ração do grupo correspondente. Após duas semanas, as fêmeas foram superovuladas eacasaladas com machos férteis. Aquelas positivas tiveram sua tuba lavada com meio M2, e as estruturasembrionárias coletadas e classificadas. Os resultados foram analisados por análise de variância e teste de Tukey.Fêmeas do G3 apresentaram maior ganho de peso do que as do G1 e do G4, mas semelhante às do G2. Já emrelação à recuperação de embriões de duas células, as do G2 e do G4 obtiveram os melhores resultados, semvariação entre si. O grupo que apresentou as menores taxas de recuperação de embriões de duas células foi o G3.Conclui-se que o uso de ração comercial para reprodução na fase pré-púbere aumentou o ganho de peso dosanimais, mas não o número de embriões de duas células em fêmeas superovuladas.(AU)
The aim of this study was to observe the influence, in prepuberal phase, of different diets andsterilization types on number of 2-cells embryos/ total quantity of structures recovered from superovulatedfemale mice. B6.129P2-Nos2 animals were divided into 4 groups according to the commercial diet: G1-commonautoclaved; G2- common not-autoclaved; G3-reproduction and G4-common irradiated. Animals were weightedweekly and fed with 184 g of corresponding diet. After two weeks, females were superovulated and mated withfertile males. Those positives had their tuba washed with M2 medium and the embryonic structures collected andclassified. The results were analyzed by Variance Analysis and Tukey Test. G3 females had higher weight gainthan G1 and G4, but similar to G2. In relation to recovery of 2 cells embryos, G2 and G4 had obtained the bestresults, without variation among themselves. The group that presented the smallest recovery rates of 2 cellsembryos was G3. It was concluded that the use of reproduction diet in prepuberal phase increased animalsweight gain, but not number of 2-cells embryos in superovulated female mice.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1