Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Occurrence of abortions induced by Neospora caninum in dairy cattle from Santa Catarina, southern Brazil / Ocorrência de abortamentos induzidos por Neospora caninum em vacas de leite de Santa Catarina, sul do Brasil

Macedo, Cesar Augusto Barbosa de; Macedo, Madlaine Frigo Silveira Barbosa de; Miura, Ana Carolina; Taroda, Alessandra; Cardim, Sergio Tosi; Innes, Elisabeth Ann; Katzer, Frank; Cantón, German Jose; Chianini, Francesca; Headley, Selwyn Arlington; Garcia, João Luis.
R. bras. Parasitol. Vet.; 26(3): 292-298, jul.-set. 2017. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-13232

Resumo

The aim of the present study was to investigate the occurrence of N. caninum associated with abortions of dairy cattle from Santa Catarina state, southern Brazil by using enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA), immunohistochemistry (IHC), and polymerase chain reaction (PCR). Blood from dairy cows that aborted along with intrathoracic fluid and tissue samples (brain, heart, liver, and lung) from their fetuses were collected and used for serology; PCR, histopathological, and immunohistochemistry (IHC) evaluations were also conducted. Twenty-one cows (51.2%) out of 41, and eight fetuses (26.7%) out of 30 were ELISA (HerdCheck, IDEXX) positive for N. caninum. Dams > 36 months of age had a higher risk of being serum positive than younger animals. PCR and IHC revealed that 38.8% (14/36) and 25.0% (9/36) of the fetuses were positive for N. caninum, respectively for each of the tests. Seropositive cows had a higher frequency of fetuses that were also positive by either intrathoracic fluid, PCR, or IHC. In summary, the present study observed a high frequency of N. caninum in abortions from dairy cows from southern Brazil, with a higher N. caninum prevalence found in cows that were older than 36 months. In addition, serology, PCR, and IHC should be used all together for better diagnosis of neosporosis in cattle.(AU)
O objetivo deste estudo foi avaliar a ocorrência de N. caninum associado a abortamentos em vacas de leite do estado de Santa Catarina, sul do Brasil pelo uso das técnicas de ELISA (HerdCheck, IDEXX), reação em cadeia pela polimerase (PCR) e imunohistoquímica (IHC). O sangue das vacas leiteiras que abortaram, bem como, o líquido intratorácico e amostras de tecidos (cérebro, coração, fígado e pulmão) de seus fetos foram coletados e usados para sorologia, PCR (Np21+ e Np6+), e IHC. Vinte e uma vacas (51,2%) de um total de 41, bem como, oito fetos (26,7%) de um total de 30 foram positivos no ELISA (IDEXX) para N. caninum. As vacas > 36 meses de idade tiveram um maior risco de serem soropositivas do que os animais mais jovens. PCR e IHC revelaram que 38,8% e 25,0% dos fetos foram positivos para N. caninum, respectivamente para cada um dos testes. As vacas soropositivas tiveram uma maior frequência de fetos que também foram positivos no fluído intratorácico, na PCR ou na IHC. Em resumo, o presente estudo observou uma alta frequência de N. caninum em abortos de vacas leiteiras na região estudada, com maior prevalência de N. caninum em vacas com mais de 36 meses de idade. Além disso, sorologia, PCR e IHC deveriam ser utilizadas conjuntamente para melhor diagnóstico de neosporose em bovinos.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1