Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Physical quality of irrigated soil of Rio Grande do Sul State-Brazil / Qualidade física de solos irrigados do Estado do Rio Grande do Sul

Michelon, Cleudson Jose; Carlesso, Reimar; Petry, Mirta Teresinha; De David, Gustavo; Santa, Cleiton Dalla.
Ci. Rural; 37(5): 1308-1315, 2007.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-13510

Resumo

Irrigated areas are characterized by an intensification of the land use, and as consequence, an intense use of the soil. This usually results in a higher pressure of the soil structure degradation, causing many times soil compaction. The objective of this study was to conduct a soil physical characterization of irrigated areas of Rio Grande do Sul State-Brazil and collect informations necessary to guide soil management decisions. The soil profile was divided in to three soil layers: superficial, intermediate and inferior. The following determinations were conducted: soil texture, bulk density (Bd), particles density and soil porosity. Soil types were grouped in ranges of clay content. For each clay content, a critical value of Bd and soil macroporosity (Macro) were established (when the result of soil was the Bd and below the macro) to classify the soil as compacted. The majority of soil samples colleted was classified in the range of 400-500 g Kg-1 of clay content in the superficial and intermediate soil layers and in the range higher than 700 g Kg-1 in the inferior soil layer. Considering the entire area sampled, 66.5% of the samples presented indication of soil compaction in the superficial layer, 20.5% in the intermediate layer and 9.5% in the inferior layer.(AU)
As áreas irrigadas caracterizam-se pela intensificação dos cultivos e, por conseqüência, por uma intensa utilização do solo. Isso resulta em uma maior pressão de degradação da estrutura do solo, ocasionando muitas vezes a compactação dos solos. O objetivo deste trabalho foi realizar a caracterização física dos solos irrigados de algumas regiões do Estado do Rio Grande do Sul, com vistas a promover uma base de informações para orientar a tomada de decisões relativas ao manejo de áreas irrigadas. Os perfis dos solos foram divididos em três camadas: (superficial, intermediária e inferior), nas quais determinaram-se a textura do solo, a densidade do solo (Ds) e de partículas e porosidade. Os solos foram agrupados em faixas de teor de argila, sendo que, para cada faixa de teor de argila, estabeleceu-se um valor crítico de densidade do solo (Ds) e de macroporosidade (Macro). As amostras com valores DS maiores que o valor cítrico e com valores de macro menores que o valor cítrico foram caracterizados com indicação de compactação. As amostras de solo coletadas foram classificadas, com maior freqüência na faixa de 400-500g kg-1 de argila, nas camadas superficial e intermediária e na faixa de argila superior a 700g kg-1 na camada inferior. Do total das áreas amostradas, 66,5% apresentaram indicação de compactação do solo na camada superficial, 20,5% na camada intermediária e 9,5% na cama(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1