Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Sorologia, reação em cadeia da polimerase e histopatologia para leptospirose em amostras coletadas de vacas leiteiras, em matadouro da região de Parnaíba, Piauí / Serology, polymerase chain reaction and histopathology for leptospirosis in samples collected at slaughter from dairy cows of Parnaiba region, state of Piauí, Brazil

Mineiro, Ana Lys Bezerra Barrradas; Vieira, Rômulo José; Costa, Érica Azevedo; Santos, Renato Lima; Gonçalves, Larissa Maria Feitosa; Carvalho, Sônia Maria; Bomfim, Maria Rosa Quaresma; Costa, Francisco Assis Lima.
Pesqui. vet. bras; 31(10): 859-866, Oct. 2011. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-1442

Resumo

The presence of anti leptospiral agglutinins (microscopic agglutination test - MAT) and DNA of leptospires was investigated in the kidney and urine (Polymerase Chain Reaction - PCR) in samples collected at the time of slaughter of cattle originating from the dairy basin of Parnaíba, Piauí, Brazil, as also the lesions in kidney, lung, liver, uterus, ovary and placenta (histopathology and immunohistochemistry). In the MAT, Hardjo was the predominant serovar with the highest number of reagent animals for the strain Hardjobovis/Sponselee. Anti-leptospiral antigens were scored in epithelial cells, interstitial vascular endothelium, endothelium of glomerular capillaries and Bowman's capsule of 20 positive animals. Inflammatory cells were more common in the kidney. PCR was positive in urine and kidney tissue.(AU)
Foi investigada a presença de aglutininas anti leptospiras (reação de soroaglutinação microscópica - SAM), de DNA de leptospiras no rim e na urina (reação de cadeia pela polimerase - PCR), bem como de lesões no rim, pulmão, fígado, útero, ovário e placenta (histopatologia e imunohistoquímica), em materiais colhidos, por ocasião do abate, de bovinos originários da bacia leiteira da região de Parnaíba, Piauí, Brasil. Na SAM o sorovar predominante foi o Hardjo com maior número de animais reagentes para a estirpe Hardjobovis/Sponselee. Antígenos anti leptospira foram marcados em 20 animais positivos nas células epiteliais e do endotélio vascular, endotélio dos capilares glomerulares e na cápsula de Bowman, somente nos animais infectados. O infiltrado inflamatório foi maior no rim do que nos demais órgãos. A PCR foi positiva em amostras de urina e tecido renal.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1