Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Níveis de células somáticas sobre o perfil físico-químico do leite em pó integral / Somatic cells level on the physicochemical profile of powdered milk

Coelho, Karyne Oliveira; Brandão, Lourival Marques; Bueno, Claudia Peixoto; Melo, Camila Silveira; Silveira Neto, Osvaldo José da.
Ci. Anim. bras.; 17(4): 534-539, Out-Dez. 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-15040

Resumo

The objective of this study was to evaluate the level of somatic cells (SCC) on the physical- chemical profile of powdered milk. From January 2010 to June 2011, we analyzed seven raw    milk samples and the respective powdered milk, totaling 14 samples from an industry in São Luís  de Montes Belos-GO. Raw milk was analyzed for somatic cell counting and powdered milk for physical and chemical characteristics: acidity, moisture, protein, and fat. Two treatments were evaluated: powdered milk made from milk containing SCC 400,000 cells/mL and powdered    milk prepared with SCC > 400,000 cells/mL. The experimental design was in randomized blocks. For the statistical analysis we used analysis of variance, followed by Tukey test, considering p 0.05 as the minimum acceptable probability for the difference between means. The powdered  milk prepared with raw material with SCC superior to 400,000 cells/mL presented lower protein and higher humidity content. Considering the treatments, we can state that to obtain powder milk satisfactorily, it is necessary to use milk with SCC lower than 400,000   cells/mL.(AU)
Objetivou-se, com a realização deste trabalho, avaliar o efeito do nível de células somáticas (CCS) no leite sobre o perfil físico-químico do leite em pó integral. No período de janeiro de 2010 a junho de 2011, foram analisadas sete amostras de leite cru e do respectivo leite em pó produzido em uma indústria laticinista do Oeste Goiano. O leite cru foi analisado quanto à contagem de células somáticas e o leite em pó quanto às características físico-químicas: acidez, umidade, proteína e gordura. Foram avaliados dois tratamentos, sendo: leite em pó produzido com leite contendo CCS 400 mil céls/ mL e o leite em pó elaborado com CCS > 400 mil céls/mL. O delineamento experimental foi em blocos aleatórios. Na análise estatística, utilizou-se a análise de variância seguida do teste de Tukey, considerando-se p 0,05 como probabilidade mínima aceitável para diferença entre as médias. O leite em pó elaborado com matéria prima com CCS superior a 400 mil céls/mL apresentou concentração menor de proteína e maior de umidade. Considerando os tratamentos avaliados, pode-se afirmar que, para a obtenção de leite em pó com qualidade satisfatória, torna-se necessária a utilização de um leite com CCS inferior a 400 mil céls./mL. (AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1