Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Equations to estimate shoot phytomass of lettuce / Equações de estimativa da fitomassa da parte aérea da alface

Caron, Braulio Otomar; Manfron, Paulo Augusto; Lúcio, Alessandro Dal'Col; Schmidt, Denise; Medeiros, Sandro Luis Petter; Bonnecarrère, Reinaldo Antonio Garcia; Dourado Neto, Durval.
Ci. Rural; 37(5): 1248-1254, 2007.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-15068

Resumo

The aim of this paper was to propose regression equations that express the dry matter accumulation in lettuce using meteorological parameters and growth index, to modeling the lettuce growth in greenhouse and in the field, in different growth season. The "Regina" cultivar was utilized. The meteorological variables determined were air temperature and relative humidity average and accumulated photosynthetically active radiation. The growth indexes of lettuce used were dry mass and leaf area index. Independent of the growth season, the results shown that linear regressions utilizing variables leaf area index and accumulated photosynthetically active radiation provided a good estimate of the dry mass (R²>0.88) for both seasons. The multiple regressions need more data, but shown a little increase in R² value.(AU)
O objetivo deste trabalho foi identificar equações de regressão que expressem o acúmulo de fitomassa a partir de variáveis meteorológicas e índices de crescimento da cultura, com a finalidade de avaliar o crescimento da alface cultivada em estufa plástica e a campo, em diferentes épocas do ano. No estudo, foi utilizada a cultivar "Regina". As variáveis meteorológicas determinadas foram a temperatura, a umidade relativa média do ar e a radiação solar fotossinteticamente ativa acumulada. Os índices de crescimento da alface utilizados foram a fitomassa seca e o índice de área foliar. Independentemente da época do ano, os resultados evidenciaram que as equações de regressão simples, utilizando as variáveis índice de área foliar ou radiação solar fotossinteticamente ativa acumulada, apresentaram melhor desempenho na estimativa da fitomassa (R²>0,88) nos dois ambientes. As equações de regressão múltipla, apesar de englobarem mais variáveis, apresentaram pequeno acréscimo no valor do R².(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1