Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Occurrence of antibodies to Toxoplasma gondii in opossums caught in urban areas of Bauru, state of São Paulo, Brazil / Ocorrência de anticorpos para Toxoplasma gondii em gambás capturados na área urbana de Bauru, Estado de São Paulo, Brasil

Lucheis, Simone Baldini; Silva, Daniela Barbosa da; Guiraldi, Lívia Maísa; Santos, Wesley José; Paixão, Mirian dos Santos; Alves-Martin, Maria Fernanda; Lemos, Fabio Almeida; Sánchez, Gabriela Pacheco; Santiago, Maria Emília Bodini.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 53(3): 01-04, 2016. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-15303

Resumo

Toxoplasmosis is one of the most common zoonoses worldwide. It was initially described in rodents and rabbits. There are few data on the morbidity and mortality of this disease among Brazilian marsupial fauna, such as opossums. These animals are of great importance regarding the epidemiology of this disease, given that they are prey for felids and other carnivores. With the aim of ascertaining the serological response to Toxoplasma gondii among marsupials (Didelphis spp.), 38 animals that had been caught in 14 districts of the urban area of the municipality of Bauru, state of São Paulo, were evaluated. The modified agglutination test (MAT) showed that 26.3% (10/38) of the samples analyzed were seropositive. It can be suggested that the opossums behavior and persistent proximity to human housing results in contact with cats and T. gondii infection, based on the frequency found in this study. This was the first study on the seroprevalence of T. gondii in opossums caught in the urban area of the municipality of Bauru, SP, and it highlights the need for environmental and health authorities of the municipality to monitor this zoonosis.(AU)
A toxoplasmose é uma das zoonoses mais comuns no mundo, tendo sido descrita inicialmente em roedores e em coelhos. Todavia, poucos são os dados sobre morbidade e mortalidade da toxoplasmose nos marsupiais da fauna brasileira, como os gambás, sendo de grande importância na epidemiologia da doença, como presas para felídeos e outros carnívoros. Com o objetivo de verificar a resposta sorológica para Toxoplasma gondii em marsupiais (Didelphis spp.), foram avaliados 38 animais capturados em 14 regiões da área urbana do município de Bauru-SP. Foi encontrada uma frequência, de acordo com o teste de aglutinação modificada (MAT), de 26,3% (10/38) nas amostras analisadas. Pode-se sugerir que o comportamento dos gambás e sua permanência próxima a habitações humanas resultam em contato com gatos e infecção por T. gondii, tendo em vista a frequência encontrada neste estudo. Este é o primeiro estudo de soroprevalência de T. gondii em gambás capturados na área urbana do município de Bauru-SP, alertando-se para a necessidade do monitoramento desta zoonose pelas autoridades de vigilância ambiental e sanitária do município.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1