Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of the particle size on ruminal degradation of sunflower crop stubble hay / Efeito do tamanho de partícula sobre a degradação ruminal do feno do restolho da cultura do girassol

Garcez, Bruno Spindola; Alves, Arnaud Azevedo; Oliveira, Delano de Souza; Santana, Yanêz André Gomes; Moreira Filho, Miguel Arcanjo; Reis, Juannira de Araújo Moura.
R. bras. Ci. Vet.; 23(1/2): 76-80, jan./jun. 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-15418

Resumo

It was aimed to evaluate the degradability of dry matter (DM), crude protein (CP) and neutral detergent fiber (NDF) of the stubble sunflower crop hay in situ in different particle sizes, using a cannulated bovine, with samples in nylon bags incubated in the 6, 24 and 72 h. The stubble sunflower crop hay grinded in 2 mm particles sized resulted in greater degradation by the rumen microorganisms compared to samples grinded in 5 mm. It was found that the larger particles had equivalent values for DM and NDF degradation at 24 and 72 hours. The parameters of NDF degradation of the stubble sunflower crop hay to indicate be a roughage with great potential for use in the ruminant diet. The stubble sunflower crop hay, while considered a roughage food, presents in situ DM and NDF compatible with this kind of food, and it can be considered a good source of inclusion in diets for ruminants. Also to consider the higher protein value associated with ruminal degradation of this constituent, favoring the fermentation activity by the microbial population in the rumen.(AU)
Objetivou-se avaliar os teores de matéria seca, proteina bruta e fibra em detergente neutro e a degradabilidade da matéria seca (MS), proteína bruta (PB) e fibra em detergente neutro (FDN) do feno do restolho da cultura do girassol in situ em diferentes tamanhos de partículas (2 e 5 cm), utilizando-se um bovino canulado, com amostras em sacos de náilon, incubadas nos tempos 6, 24 e 72 h. O feno de restolho da cultura do girassol triturado em partículas de 2 mm resultou em maior degradação por microrganismos da flora ruminal em relação à trituração a 5 mm. Verificou-se que as partículas de maior tamanho apresentaram valores equivalentes para degradação da MS e FDN as 24 e 72 horas. Os parâmetros da degradação da FDN do feno do restolho da cultura do girassol indicam ser um volumoso com grande potencial para utilização na dieta de ruminantes. O feno do restolho da cultura do girassol, enquanto considerado um alimento volumoso, apresenta degradabilidade in situ da MS e FDN compatível com esta classe de alimentos, podendo ser considerado uma boa fonte de inclusão em dietas para ruminantes. Também se deve considerar o elevado teor de PB associado à degradação ruminal deste constituinte, favorecendo à atividade fermentativa pela população microbiana do ambiente ruminal.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1